Ir para o conteúdo
ir para o conteúdo
 • 
Você está em Notícias > Educação

Universidade de São Paulo completa 80 anos

Início do conteúdo

Desistência de alunos bate recorde na USP

A taxa ficou em 16,35% e vem crescendo desde 2005 (9,9%), quando foi criado o ProUni

14 de março de 2011 | 12h 15
Fabio Mazzitelli - Jornal da Tarde

Nos últimos sete vestibulares, o número de estudantes aprovados em primeira chamada que desistiram de cursar a Universidade de São Paulo (USP), a maior do País, cresceu mais de seis pontos porcentuais e atingiu 1.742 calouros dos 10.652 aprovados neste ano, ou 16,35% do total, número recorde.

Alunos ingressam em prédio da USP para provas da segunda fase do último vestibular da Fuvest - Marcio Fernandes/AE-11/1/2011
Marcio Fernandes/AE-11/1/2011
Alunos ingressam em prédio da USP para provas da segunda fase do último vestibular da Fuvest

Em 2005, o número de desistentes após a primeira chamada não chegava a 10% - ficou em 9,9%, ou 956 calouros dos 9.567 aprovados. Aquele ano foi marcado pela criação do Programa Universidade Para Todos (ProUni), que concede bolsas de estudo a estudantes em instituições particulares de ensino superior, e pelo início do funcionamento da USP Leste, extensão do câmpus da capital que abriga cursos de graduação com novas propostas e baixa procura - o que fez a USP dar sinais de revisão no funcionamento deles.

Universidade pública que lidera a produção científica no Brasil, a USP também foi afetada pela expansão de vagas no ensino superior público em São Paulo nos últimos anos - além da própria USP, as públicas Unifesp, Unesp e Unicamp ampliaram o número de vagas oferecidas. Outro fator que ajuda a explicar as desistências é o programa federal de financiamento estudantil (Fies), que dá crédito a juros baixos a quem deseja fazer um curso superior pago.

Com o aumento de desistentes, cresceu o número de convocados a chamadas posteriores. No vestibular 2011, a segunda chamada da USP teve 2.562 candidatos convocados, outro recorde. Ontem, a USP realizou a matrícula dos candidatos aprovados em terceira chamada, cuja lista de convocados teve 1.113 vestibulandos.

Os números e os porcentuais da desistência na universidade foram divulgados na sexta-feira pela Fundação Universitária para o Vestibular (Fuvest), órgão executor dos vestibulares da USP. Diretora-executiva da Fuvest, Maria Thereza Fraga Rocco disse que a fundação não comentaria os números. “Isso cabe apenas à USP.”

Procurada pela reportagem, a pró-reitora de graduação da USP, Telma Zorn, não havia respondido até as 23h de sexta-feira às questões enviadas por e-mail a ela, à noite.

Além do aumento de desistentes, a USP convive nos últimos anos com uma queda significativa no número de inscritos na Fuvest, que foi de 170 mil no vestibular 2006 para 133 mil no de 2011.

“É outro indicador importante porque não é só na hora da matrícula que você vê se o aluno está tendo preferência por outra instituição. Muitos alunos, principalmente na rede pública, nem sabem que a USP é gratuita”, diz Rubens Barbosa de Camargo, professor da Faculdade de Educação da USP. “Esse aumento de desistentes tem a ver com políticas adotada recentemente, como o ProUni. Mas, a rigor, é preciso fazer uma pesquisa para saber por que os estudantes preferem outra instituição. Isso ocorria, mas não nessa intensidade”, afirma.






Estadão PME - Links patrocinados

Anuncie aqui

Siga o Estadão




Você já leu 5 textos neste mês

Continue Lendo

Cadastre-se agora ou faça seu login

É rápido e grátis

Faça o login se você já é cadastro ou assinante

Ou faça o login com o gmail

Login com Google

Sou assinante - Acesso

Para assinar, utilize o seu login e senha de assinante

Já sou cadastrado

Para acessar, utilize o seu login e senha

Utilize os mesmos login e senha já cadastrados anteriormente no Estadão

Quero criar meu login

Acesso fácil e rápido

Se você é assinante do Jornal impresso, preencha os dados abaixo e cadastre-se para criar seu login e senha

Esqueci minha senha

Acesso fácil e rápido

Quero me cadastrar

Acesso fácil e rápido

Cadastre-se já e tenha acesso total ao conteúdo do site do Estadão. Seus dados serão guardados com total segurança e sigilo

Cadastro realizado

Obrigado, você optou por aproveitar todo o nosso conteúdo

Em instantes, você receberá uma mensagem no e-mail. Clique no link fornecido e crie sua senha

Importante!

Caso você não receba o e-mail, verifique se o filtro anti-spam do seu e-mail esta ativado

Quero me cadastrar

Acesso fácil e rápido

Estamos atualizando nosso cadastro, por favor confirme os dados abaixo