Thiago Teixeira/AE
Thiago Teixeira/AE

Última manifestação contra o Código Florestal acontece em SP

1.500 pessoas se reuniram nesta manhã de domingo no Ibirapuera a favor do veto ao novo Código

Gheisa Lessa - Central de Notícias,

20 Maio 2012 | 13h29

São Paulo, 20 - Cerca de mil e quinhentas pessoas se reuniram, na manhã deste domingo, 20, em frente ao Monumento das Bandeiras, nas proximidades do Parque do Ibirapuera, na zona sul de São Paulo em um ato público a favor do veto do novo Código Florestal.

O ato público com o tema #VetaTudoDilma pediu que a presidente Dilma Rousseff recuse a sanção do novo Código Florestal, que foi aprovado na Câmara no último dia 25 de abril. Esta foi a última manifestação pela proibição do código, porque na próxima sexta-feira, 25, Dilma terá que decidir vetar ou aprovar, seja totalmente ou parcialmente, o Código Florestal.

De acordo com informações da Polícia Militar, o ato foi pacífico e terminou por volta das 13h, após o grupo ter feito uma passeata nos entornos do Parque do Ibirapuera.

A mobilização foi realizada pela Fundação SOS Mata Atlântica, com apoio dos comitês em Defesa das Florestas nacional e paulista, coalizões formadas por centenas de organizações da sociedade civil brasileira.

Segundo informações da Fundação SOS Mata Atlântica, o diretor de Políticas Públicas do órgão, Mario Mantovani, afirma que a aprovação do Código Florestal vai na contramão da opinião pública. "Chegamos a 1,8 milhão de assinaturas contrárias a esta aprovação. Portanto, a mobilização não é geograficamente localizada, é uma campanha nacional e internacional, uma atitude de cidadania."

O movimento contrário ao texto aprovado pela Câmara, no fim de abril, ganhou corpo nas redes sociais e, em maio, ganhou apoio de globais como a atriz Camila Pitanga, o ator Vitor Fasano, do ator e jornalista Wagner Moura entre outros.

Mais conteúdo sobre:
novo código florestal manifestação

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.