ir para o conteúdo
 • 
Classificados
ESTADO POLICIAL

 

 

O projeto que este governo enviou ao Congresso, dando poder de polícia à Receita Federal, é mais um passo que tenta dar para total submissão e cerceamento das liberdades dos cidadãos brasileiros. Em simples palavras, está sugerindo que o Poder Judiciário feche as portas e vamos ficar à mercê de auditores fiscais! Já há mecanismos para atingir os mesmos objetivos, e não fazem por quê? Aposto que, aprovada essa barbaridade, as primeiras empresas "visitadas" ou "arrombadas" serão os órgãos de imprensa e mídia independente.

 

 

EDUARDO A. DE CAMPOS PIRES eacpires@terra.com.br

São Paulo

 

___________________________________________________________________________________________________________________________

 

 

 

Fazer o cerco aos políticos eles não querem, né?

 

 

 

LAERT PINTO BARBOSA laert_barbosa@ig.com.br

São Paulo

 

 

___________________________________________________________________________________________________________________________

 

 

 

DOIS PESOS E DUAS MEDIDAS

 

 

 

Os contribuintes são tratados como bandidos, de acordo com o pacote tributário do governo enviado ao Congresso, desrespeitando a Constituição. Enquanto isso, o presidente falastrão Lula da Silva, ex-sindicalista, vetou parte do texto aprovado pelo Congresso que determinava a obrigatoriedade de prestação de contas ao Tribunal de Contas da União do dinheiro público recebido pelos sindicatos - diga-se de passagem, parte dele resultante do desconto obrigatório de um dia de trabalho, de todo trabalhador brasileiro, no mês de março de cada ano, imposto sindical criado pela ditadura de Vargas e mantido até hoje por aqueles que dizem defender o interesse do trabalhador.

 

 

 

ARY MARINO FILHO arymarino@gmail.com

Garça

 

 

___________________________________________________________________________________________________________________________

 

 

 

SINAIS INQUIETANTES

 

 

 

Se é verdade que para bom observador meia palavra basta, não há como não ficar amedrontado com a sequência de fatos que se vêm descortinando nas "entrelinhas" do governo Lula, de maneira mais escancarada à medida que a eleição presidencial se vai aproximando. A decisão do governo de patrocinar status de polícia à Receita é, na minha opinião, mais um lance desse xadrez macabro que o atual grupo político dominante vem jogando na tentativa de implantar no Brasil um Estado policial sob o disfarce de "democracia popular", seja lá o que isso signifique. As sucessivas críticas à liberdade de imprensa, o flerte com ditaduras sanguinárias e seus tiranos, o escárnio público (para vergonha dos brasileiros de bom senso...) contra os que sofrem atroz perseguição em seus países de origem por motivação de pensamento, aquele tal PNDH-3 e, daqui para a frente, com toda a certeza deste mundo, o "vale-tudo" que já começa a ganhar forma antes mesmo do início oficial da campanha eleitoral, tudo isso sinaliza de que aquela porção da sociedade brasileira que não compactua com esse estado de coisas deve preparar-se para o pior, ou seja, tempos sombrios se aproximam. Afinal, o já esperado gesto da candidata-mor do governo de exorcizar qualquer tipo de apelo dos jornalistas para que comentasse as recentes e infelizes declarações do "chefe", no mínimo, nos dá o direito de imaginar que ela concorda com essa lógica sinistra advogada pelo PT e suas lideranças mais expressivas.

 

 

 

FERNANDO CESAR GASPARINI phernando.g@bol.com.br

Mogi-Mirim

 

 

___________________________________________________________________________________________________________________________

 

 

 

DISSIDENTE NÃO É BANDIDO

 

 

 

A política tem limites éticos. Mesmo apoiando em muitas de suas ações o governo Lula, não posso calar-me quando o presidente da República defende a repressão praticada pela ditadura cubana contra pessoas que reivindicam direitos elementares como a liberdade de expressão, de organização e de voto. Esses valores são universais e não podem estar subordinados ao ditador do momento. Muita energia foi necessária para conquistar a democracia em nosso país e em outros, de modo que não concordo que se faça pouco-caso daqueles que, pondo em risco a própria vida e a de ninguém mais, se empenham em democratizar países que jazem sob a repressão. Ditaduras são nefastas. São indefensáveis. Lutar contra elas é digno.

 

 

 

RENATO JANINE RIBEIRO, professor titular de Ética e Filosofia Política da USP rjanine@usp.br

São Paulo

 

 

___________________________________________________________________________________________________________________________

 

 

 

Uma pergunta ao presidente Luiz Inácio: se, por alguma razão, Cuba vier a mudar de regime, implantando a democracia, com uma nova Constituição, o senhor acha legítimo que sejam anistiados e indenizados financeiramente todos os dissidentes do atual regime (e também suas famílias, no caso de já estarem mortos)? O senhor acha que a lei brasileira poderia servir de modelo, ou ao menos de inspiração, para essa finalidade?

 

 

 

GUILHERME DIETRICH dietrich2007@gmail.com

Balneário Camboriú (SC)

 

 

 

___________________________________________________________________________________________________________________________

 

 

Lula: ¿por qué no te Callas?

 

 

 

MARIA EULALIA MEIRELLES BUZAGLO membuzaglo@bol.com.br

São Paulo

 

 

 

 

___________________________________________________________________________________________________________________________

 

 

 

FALTA DEMOCRACIA

 

 

 

Deu no Estadão: Chanceler Amorim responsabiliza EUA por falta de democracia na ilha. Pelo menos ele, no governo, reconhece que falta democracia em Cuba.

 

 

 

FÁBIO DUARTE DE ARAÚJO f.araujo@visualbyte.com.br

São Paulo

 

 

___________________________________________________________________________________________________________________________

 

 

 

LÁ E CÁ...

 

 

 

O terremoto no Chile fez a cidade de Concepción avançar três metros para oeste, mar adentro. Se fosse no Brasil, já iriam reajustar e compensar os pedágios, antes mesmo dos reparos das rodovias.

 

 

 

MURILO LUCIANO FILHO muarilou@uol.com.br

São Paulo

 

 

 

 

___________________________________________________________________________________________________________________________

 

 

 

PAZ

 

 

 

 

Com a morte do cartunista Glauco, ouso parafrasear a música de Joana Nós Queremos Paz para perguntar: até quando perderemos Geísas, Carolinas, Omymares, Tins e Glaucos? Definitivamente, nós queremos paz!

 

 

 

MÁRCIO ALEXANDRE DA SILVA marciobressane@hotmail.com

Assis

 

 

 

 

___________________________________________________________________________________________________________________________

 

 

 

Em vez de votar leis para garantir a segurança da população e punir os criminosos, preocupam-se em votar leis sem nexo, como essa da gorjeta de 20%. Enquanto isso, todo dia pessoas morrem assassinadas e ninguém faz nada. Deveriam adotar a tolerância zero, como foi feito em Nova York.

 

 

 

VIRGINIA A. BOCK SION vickybock@hotmail.com

São Paulo

 

 

 

___________________________________________________________________________________________________________________________

 

 

 

"Bancoop: e minha casa? E minha vida?"

 

 

 

 

Tania Tavares taniatma@hotmail.com

São Paulo

 

 

 

___________________________________________________________________________________________________________________________

 

 

 

CONVICÇÕES

 

 

 

 

O editorial Bolsa-Família e eleição (8/3, A3) mostra um grau de intolerância incompatível com as tradições do jornal. Estou plenamente de acordo com a posição da senadora Ideli Salvatti (PT-SC), que se opõe à proposta do senador Tasso Jereissati (PSDB-CE) de conceder um adicional na Bolsa-Família vinculado ao desempenho escolar. O Estadão defende a proposta do senador cearense e afirma que até o presidente Lula a teria achado interessante. Até aí, são divergências normais numa democracia. Fico surpreso, porém, ao ver que o Estadão considera que só poderia estar contra tal medida alguém que o fizesse por motivos políticos, ou seja, todos deveriam estar de acordo e aqueles que fingem não estar o fariam porque o projeto é de autoria de um opositor. Como um cidadão qualquer que considera a medida ruim, sinto-me ofendido pelo fato de o Estadão me atribuir motivos mesquinhos, quando simplesmente me oponho a essa ideia a partir das minhas mais honestas convicções, equivocadas ou certas.

 

 

 

RAMÓN GARCÍA FERNÁNDEZ, professor da FGV-EESP ramon.garcia.fernandez@gmail.com

São Paulo

 

 

N. da R. - Não há motivos para o missivista se sentir desconfortável com o editorial. Em nenhum momento o texto sugere ou insinua que "todos" devem estar de acordo com o projeto de lei ali comentado. Em nenhum momento atribui "motivos mesquinhos" aos que, pelas mais honestas convicções, se opõem à medida. Diz apenas, e de maneira explícita, que a líder do governo no Congresso teve motivos político-eleitorais para agir como agiu no episódio.

 

 

___________________________________________________________________________________________________________________________

 

 

Cartas enviadas especialmente ao Estadão.com.br

 

 

 

MONTANER

 

 

Certíssimas as palavras do sr. Carlos Alberto Montaner em seu brilhante artigo "A DECEPÇÃO INTERNACIONAL COM LULA (12/3, A 16). Hipótese de um presidente latino-americano que conhece bem o presidente Lula: " Esse homem é de uma penosa fragilidade intelectual. Continua sendo um sindicalista preso à superstição da luta de classes. Não entende nenhum assunto complexo, carece de capacidade de fixar a atenção, tem lacunas culturais terríveis e, por isso, aceita a análise dos marxistas radicais que lhe explicaram a realidade como um combate entre bons e maus." Sua frase final, dita com tristeza, foi lapidar: "Parecia que Lula, com sua simpatia e pelo bom momento que seu país atravessava, converteria o Brasil na grande potência latino-americana. Falso. Ele obstruiu essa possibilidade ao se alinhar com os Castros, Chávez e Ahmadinejad. Nenhum país sério confia mais no Brasil". É lamentável!

 

 

 

ADHERBAL RAMON GONZÁLEZ gonzalezadherbal@ig.com.br

Santa Cruz das Palmeiras

 

 

________________________________________________________________________________________________________________________

 

 

 

 

ULTRAJE À DIGNIDADE

 

 

No dia 7 de maio de 2008, a ministra Dilma , soluçando, declarou no Senado: "Me orgulho de ter mentido, o que estava em questão era a minha vida e a de meus companheiros. Aguentar tortura é dificílimo. Pau de arara, choque elétrico, não há possibilidade de um diálogo. Qualquer comparação só pode partir de quem não dá importância à democracia.". Em 11 de março de 2010, declara: "Vocês não vão conseguir me tirar aqui uma crítica ao presidente Lula, nem que a vaca tussa. Acho que são presos, se são presos maus ou bons, eu acho que são presos. Compartilho da posição do presidente Lula não só sobre Cuba, mas sobre toda a política externa." Uma pessoa que não respeita nem o próprio passado, sem idéias próprias, que se comporta como boneca de ventríloquo, é o que queremos à frente do governo federal? Como brasileiro, democrata e respeitador dos direitos humanos, sinto-me envergonhado, até nauseado, da atitude desta senhora. Que em outubro as urnas deem a devida resposta.

 

 

 

Luiz Nusbaum lnusbaum@uol.com.br

São Paulo

 

 

________________________________________________________________________________________________________________________

 

 

 

 

LULA E CUBA

 

 

 

 

Presidente Lula,desejo-lhe vida longa mas ,logo após a sua morte e caso Cuba ainda não tenha se tornado uma democracia,que reencarne ali como líder dos trabalhadores e tente fundar um partido.

 

José Eduardo Zambon Elias zambonelias@estadao.com.br

Marília

 

 

 

________________________________________________________________________________________________________________________

 

 

 

 

LULA x OBAMA E PAPAGAIOS

 

 

 

 

Ninguém notou a ironia na voz e,a cara do presidente Obama quando disse "esse é o cara!" Foi como dizer: "ele tem a arte de ficar pelado sem tirar a roupa!" Ou: "ele tem a arte de escrever um livro com apenas duas palavras!" Ao dizer (para a oposição, claro!) "tem gente inaugurando maquete", nosso "prisidente" claramente disse: "Faça o que eu mando, mas não faça o que eu faço!"

 

 

 

Gilberto da Silva Gouveia financeiro@eletrenge.com.br

Guarulhos

 

 

________________________________________________________________________________________________________________________

‘A DECEPÇÃO INTERNACIONAL COM LULA’

 

 

Lula só enganou com seu linguajar chulo os 70% da população, carente de estudo, saúde, muitos trocando seus votos pelos salários-miséria. E também em quem ainda acredita que governos comunistas fazem algo pelo Social.

Ele, que nunca foi um democrata e só se aproveita de sua "democracia" para uso próprio, pois após 20 anos de ditadura militar, só apareceria mesmo se se mostrasse democrata...

Sou filha de um general do Exército, militar honestíssimo e da direita total.

Tão contra qualquer governo ditatorial, que participou ativamente da revolução, mas foi, no final desta, a única voz contra um militar na Presidência na reunião de cúpula para este fim.

E ele, claro, foi então o único também a não fazer parte dos governos militares, fato de que muito se orgulhava.

Cresci então participando de todas as conversas sobre política em casa, assunto do dia a dia nos almoços em família e sempre soube quem era e quem não era comunista, e este que hoje se orgulha de ser eleito presidente apesar de semi-analfabeto, esteve desde o tempo, ainda que curto, de sindicalista, sempre ao lado dos marxistas cruéis, usando de sua inteligência para comover aqueles que não reconhecem impostores.

Enfim esta primeira decepção internacional com Lula e sua verborréia boçal.

Para mim os fatos recentes da morte por greve de fome de Orlando Zapata e sua recusa em apoiar sua causa vieram apenas comprovar o que sempre disse a todos: "afirmo e assino embaixo - o objetivo deste comunista é transformar o Brasil em uma Cuba ou uma Venezuela" - pois sei que seus ídolos são todos ditadores, de quem nunca se afastou e com quem sempre compactuou.

Por quê será que ele nunca se interessou em estudar mais, em trabalhar de verdade e em estimular sua mulher a trabalhar pelo Social como toda primeira dama sempre o faz?

Muito mais fácil é receber dinheiro do Erário para os Botox regulares dela e para as suas contínuas viagens, cometendo sempre repetidas gafes no mundo.

E o pior é que ainda tem gente que acredita que algum petista quer o Bem do Brasil...

ACORDA, BRASIL !!!

 

Lucia Lückmann lucia.luckmann@yahoo.com.br

São Paulo

________________________________________________________________________________________________________________________

 

 

 

GREVE DE FOME

 

É só mostrar ao excellentíssimo o Estadão de 12/3 e elle, sem ler uma única palavra, somente focalizando a fotografia na primeira página, começará a sentir o mal-estar estomacal que a leitura de um jornal lhe causa. Desta vez, com toda a razão!

 

Maya Konstantin konstan@uol.com.br

São Paulo

________________________________________________________________________________________________________________________

 

 

 

 

ARTIGO PERFEITO

 

 

Há muito tempo não se via descrição tão apropriada da verdadeira ideologia de Lula, que este aplica no relacionamento com genocidas e tiranos de países periféricos tanto da América Latina como do Oriente Médio.

A análise vinda de um olho estrangeiro, ainda mais cubano (Carlos Alberto Montaner), traz revelações sinceras que deveriam estarrecer a grande maioria da classe mais informada de nossa opinião pública.

Esse artigo é tão objetivo e contundente ao explicar a diplomacia canalha que o atual governo petista utiliza que deveria ser publicado diariamente pela Imprensa brasileira mais séria.

A perda da confiança do mundo civilizado nas linhas de conduta atual do Brasil, que beneficia os piores espécimes de governos no mundo e perde excelente oportunidade de se reafirmar como país decente perante as populações oprimidas desses regimes, traz grandes prejuízos tanto no aspecto moral e ético como no econômico-comercial.

Urge a saida dos canalhas que estão no poder federal.

 

Tomás Cavalcanti de Arruda tomasarruda@terra.com.br

São Paulo

________________________________________________________________________________________________________________________

 

 

 

O PRESIDENTE PISOU NA BOLA

 

Não há como negar. As declarações do presidente Lula em relação à greves de fome em Cuba foram lastimáveis. É incompreensível que um homem de sensibilidade política e social admita que alguém possa sacrificar a própria vida por bobeira e que ao Estado só cabe fazer cumprir a lei, qualquer que ela seja. Que estado é esse, então, que se iguala àqueles outros que promovem o bloqueio econômico, prejudicando e até matando milhares de inocentes? Eles também cumprem as suas respectivas leis ...

Quem sofreu na carne a perseguição política não pode apoiar aqueles que a fazem, aqui ou alhures.

Tenho escrito sobre os êxitos do presidente Lula, contrariando até velhos amigos que fazem uma análise preconceituosa de seu governo e querem se valorizar pelos diplomas que tem. Sabedoria não depende de diploma. Mas tenho que reconhecer que o Presidente não fez jus ao prestígio que angariou dentro e fora do País e nem ao carisma de que desfruta em decorrência da sua identificação com os pobres e os oprimidos. Por último, não é cristão qualquer ato que favoreça a supressão da vida.

 

 

 

 

Adriano Murgel Branco ambranco@uol.com.br

São Paulo

________________________________________________________________________________________________________________________

 

 

 

CUBANIZAÇÃO

 

O pensador iluminista Denis Diderot, em "Cartas Sobre os Cegos", de 1749, afirma: O conhecimento adquirido por meio da percepção não deve jamais ser desprezado. A percepção sentida pelas atitudes do presidente Lula e do petismo é de uma cubanização de nosso país. Ocorre, companheiros, que o Brasil é um país continental, e não uma ilha de dimensões e ideias.

 

 

 

 

Francisco José Sidoti fransidoti@terra.com.br

São Paulo

 

________________________________________________________________________________________________________________________

 

 

 

GUILLERMO FARIÑAS

 

Guillermo Fariñas, psicólogo, deixa-se morrer por uma greve de fome em Cuba. Por que alguém se deixa morrer por uma greve de fome? Guillermo não é um assassino, não é bandido, não é delinquente. Guillermo é um prisioneiro de consciência em seu país, Cuba. É psicólogo e jornalista. É um trabalhador que usa o recurso extremo -dar sua vida- para reivindicar o direito humano de viver em liberdade de consciência, reivindicando esse direito para os seus 26 companheiros de prisão em mau estado de saúde. Como brasileira, como psicóloga, não quero calar-me. Estou a favor de Guillermo e de todos os que são impedidos de expressar livremente seu pensamento; de todos que são ou foram perseguidos ou aprisionados por serem dissidentes do poder político estabelecido. Não nos calemos! Convido todo cidadão livre que for a favor da livre manifestação das idéias, que for contra a prisão por motivos políticos, a não calar-se. Convido-os a manifestar sua dissidência a respeito das formas opressivas de poder que justificam o uso de quaisquer meios, mesmo ignóbeis, para conseguir seus fins. Existem ainda, em vários países, pessoas e famílias presas, castigadas e mortas por motivos políticos, por suas idéias divergentes. Guillermo, estou contigo e sofro contigo, com teus amigos e com tua família. Muitos psicólogos pensam como eu. Pedimos liberdade para os seus companheiros presos, que são presos de consciência e não criminosos... Para que todos vocês possam voltar ao convívio das pessoas livres. Para que possam levar suas vidas e exercer suas profissões com dignidade e no gozo dos direitos humanos que são uma conquista histórica da humanidade. Termino com palavras de um grande e respeitado político brasileiro, Mario Covas, já falecido: (...) E para que me credencie a defender a minha verdade, começo por manifestar a humildade de saber que existem outras verdades e que elas são tão sustentáveis quanto as minhas e que a única razão pela qual um homem, um democrata, passa a ter o direito de defender a sua verdade é exatamente o respeito que ele manifesta pela alheia. PS: Guillermo foi transportado inconsciente para um hospital. O Senado brasileiro, assim como o Parlamento Europeu, pedem a liberdade dos presos políticos de Cuba.

 

 

 

 

Maria Regina Maluf, psicóloga marmaluf@gmail.com

São Paulo

 

 

 

________________________________________________________________________________________________________________________

 

 

DECEPÇÃO

 

 

A máscara de Lulla caiu perante o mundo e "nenhum país sério confia mais no Brasil", como diz o escritor cubano Carlos Alberto Montaner em "A decepção internacional com Lula" (12/3, A16). Será que a tendência agora é "o cara" se associar mais ainda a seus iguais, Chávez, Castros, Ahmadinejad, etc.? Isso, junto com os seus macunaímicos 80% de popularidade, a covardia da oposição e a adesão fisiológica de partidos grandes em tamanho mas nanicos em patriotismo, pode tornar-se muito perigoso para a nossa democracia e o nosso futuro. Vamos ver como reage um populista "de uma penosa fragilidade intelectual... preso à superstição da luta de classes" em pleno século XXI quando acuado por uma opinião internacional que está descobrindo o que nós já estamos cansados de saber.

 

 

JORGE MANUEL DE OLIVEIRA jmoliv11@hotmail.com

Guarulhos

 

 

__________________________________________________________________________________________________________________________

 

 

 

 

AINDA SOBRE A MORTE DE ZAPATA

 

 

QUER DIZER QUE MORRER APÓS UMA PACÍFICA GREVE DE FOME CONTRA A DITADURA CUBANA É "UMA INSANIDADE", SEGUNDO LULA. E MATAR À BOMBA O INOCENTE SARGENTO MARIO KOZEL FILHO EM PROTESTO CONTRA A DITADURA NO BRASIL RENDE POLPUDA INDENIZAÇÃO E CANDIDATURA À PRESIDÊNCIA? NÃO ENTENDI...

 

 

 

 

SONIA ARRUGA soniaarruga@terra.com.br

São Paulo

 

 

 

__________________________________________________________________________________________________________________________

 

 

SAUDADES DE CACO ANTIBES

 

 

Todas as vezes que Lulla tem um desses seus acessos de incontinência verbal, e "enfia o pé na jaca", não posso deixar de fazer analogia entre o presidente e aquela personagem televisiva, interpretada pela atriz Marisa Orth, famosa por conta das besteiras que dizia, e pela forma como era admoestada pelo personagem vivido por Miguel Falabella, com o bordão: "CALA a BOCA, MAGDA!". Como a incidência de bobagens ditas por Lulla vem aumentando em progressão geométrica, acredito estar faltando, entre seus muitos aspones, algum que tenha coragem, responsabilidade ou mesmo envergadura moral para alertar o "Excelentíssimo Presidente", de que ele está passando dos limites do ridículo. A última asneira dita por Lulla, ao fazer uma aloprada equiparação entre os presos políticos cubanos e os presos comuns de São Paulo, só pode ter sido fruto da sua compulsiva mania de agradar ao ex-ditador cubano Fidel Castro e ao ditador de plantão, Raúl Castro. Agora, aproveitando a deixa de Lulla, só falta algum dos advogados dos presos comuns de São Paulo apelar à Justiça, pleiteando para seus clientes os mesmo benefícios ofertados pelo Governo aos ex-presos políticos brasileiros, como compensação pelo tempo em que estiveram nos cárceres da ditadura militar, a exemplo de polpudas indenizações e generosas mesadas. Afinal, se presos políticos e presos comuns "são farinha do mesmo saco", nada mais justos que todos passem a ser aquinhoados com as mesmas benesses governamentais. Para um bom entendimento da "tese", parafraseando o Barão de Itararé, poderíamos dizer: "ou restaure-se a moralidade ou locupletem-se todos".

 

 

 

 

Júlio Ferreira julioferreira.net@gmail.com

Recife

 

 

 

__________________________________________________________________________________________________________________________

 

 

 

CABEÇA SUJA

 

 

 

 

 

Lavar cabeça de burro é perder tempo e sabão. Pedir coerência ao sr. Lula é perder tempo e saliva.

 

 

 

Sérgio Barbosa sergiobarbosa@megasinal.com.br

Batatais

 

 

__________________________________________________________________________________________________________________________

 

 

 

 

FORAS DE LULA

 

Nosso "amado" presidente vem nos últimos tempos se especializando em dar foras em todas as ocasiões onde sua palavra é solicitada, senão vejamos: No caso dos prisioneiros políticos cubanos, no caso do Irã e sua intenção de fabricar armamentos nucleares para destruir Israel, na inauguração de obras embargadas pelo TCU, na campanha eleitoral explícita de Dilma ( a qua mentiu em seu currículo, ou seja, não é pessoa em que possamos dar qualquer tipo de crédito), inaugurar obras que somente tem placas de início de atividades carregando a tira colo sua inexpressiva candidata terrorista, não ir à posse do novo presidente chileno, e por aí vai. Até quando teremos que agüentar tanta "criatividade" em desmandos e bobagens deste "senhor" que, como minh a síndica, pensa ter se apossado do Brasil como sendo uma propriedade dele? Até quando esta farra do PT vai ser levada adiante e o Ministério Público não tomará quaisquer medidas para coibir tais atos e fatos? Até quando o nosso Estadão ficará sob censura da "nobre" famiglia Sarney, fato que perdura por 225 longos dias? Estamos esperando que se faça justiça política e justiça comum contra toda esta bandalheira que se apossou do poder no Brasil desde 2003 e que possamos acabar com tudo isto em outro deste ano!!!

 

 

Boris Becker borisbecker@uol.com.br

São Paulo

 

 

 

__________________________________________________________________________________________________________________________

 

 

TRISTE FIM

 

Lulla, o ex-operário sindicalista que movimentou milhares de pessoas com suas idéias para moralizar o sistema politico brasileiro, declarando lutar pelos interesses dos mais pobres e por mais empregos e, maior justiça salarial para com os aposentados e pensionistas., se coloca agora contra tudo isso, adotando também a postura de um ditador algoz, envergonhando a Nação brasileira. Lulla tem agora pela frente um triste fim, e o povo logo o esquecerá!!!!!!

 

 

 

 

José Carlos Costa policaio@gmail.com

São Paulo

 

 

 

__________________________________________________________________________________________________________________________

 

 

 

QUEM É LULA

 

 

 

Peço permissão ao Estadão para reproduzir um trecho do artigo do escritor cubano Carlos Alberto Montaner, onde um embaixador latino-americano expõe seu ponto de vista a respeito de nosso do nosso presidente: " Esse homem é de uma penosa fragilidade intelectual. Continua sendo um sindicalista preso à superstição da luta de classes. Não entende nenhum assunto complexo, carece de capacidade de fixar a atenção, tem lacunas culturais terríveis e por isso aceita a análise dos marxistas radicais que lhe explicaram a realidade como um combate entre bons e maus." Concordo plenamente e acrescento que é um mentiroso oportunista e, provavelmente, o seu governo nos leve a um profundo processo de degeneração cultural.

 

 

 

 

João Carlos Braga Jr. cuquineto@hotmail.com

São Paulo

 

 

 

 

__________________________________________________________________________________________________________________________

 

 

 

 

LULA DESCONSTRUÍDO

 

 

Demorou, mas chegou lá o que já sabemos por aqui. O artigo "A decepção internacional com Lula" (12/3, A16) confirma a decadência da imagem externa de Lula e do Brasil, provocada por ele mesmo. "Nenhum país sério confia mais no Brasil", conclui o artigo. O "cara" está perdendo a coroa...

 

 

Gilberto Dib gilberto@dib.com.br

São Paulo

 

__________________________________________________________________________________________________________________________

 

 

 

CONFIRMAÇÃO

 

 

Quem desconfiava que o presidente Lulla é um apedeuta, incapaz de compreender assuntos complexos, pode ter uma resposta no excelente artigo de Carlos Alberto Montaner (12/3, A16). O sucesso inicial do "cara", como curiosidade, está dando lugar à perda de confiança no Brasil, dada a sucessão de fiascos e posições radicais na área internacional, ditadas por seus ministros e assessores. Quanto estrago a ser consertado pelo próximo presidente!

 

 

 

ALBERTO FUTURO carlos_futuro@viscondeitaborai.com.br

São Paulo

 

__________________________________________________________________________________________________________________________

 

 

 

SANDICES

 

 

 

É inadmissível que um indivíduo, seja lá quem for, dê sua insensata opinião em nome de um povo, sem ao menos verificar se há unanimidade na sua linha de pensamento. Sinto-me aviltado por alguém ter em meu (nosso) nome tamanha sandice como no caso dos presos de opinião de Cuba, repercutindo em todos os brasileiros os reflexos dos disparates proferidos como sendo o ponto de vista de toda a população. A inclinada no final do governo para a extrema esquerda é e extremamente preocupante.

 

 

Carlos Fernando Braga cafebraga@yahoo.com.br

São Paulo

 

 

 

__________________________________________________________________________________________________________________________

 

 

DE DISSIDENTES E CRIMINOSOS

 

Ao equiparar dissidentes presos políticos a criminosos comuns, há de se supor que o presidente Lula da Silva (o "cara") defende uma "criminosa" para presidir nosso país. Vale tudo na ideologia lulista, como bem expôs o articulista João Mellão Neto. Salve o Estadão - nossa voz que tentam calar há 225 dias.

 

 

Ana Maria Hernandez anahernan@gmail.com

São Paulo

 

 

_____________________________________________________________________________________________________________________________

 

 

MARIA ANTONIETA

 

 

A declaração de Lula ao comparar os dissidentes do regime cubano a bandidos comuns me fez lembrar e associar àquela famosa frase de Maria Antonieta, que legitimou a Queda da Bastilha e sua sentença de morte: "Quem não tem pão que coma brioches!" O que há de comum entre as duas declarações? O deboche, o desprezo pelo sofrimento do outro, o descaso com princípios mais básicos que devem nortear a vida política de um verdadeiro democrata: defesa da liberdade, igualdade e fraternidade, ou seja, tudo aquilo a que hoje denominamos Direitos Humanos.

 

 

 

 

ELIANA FRANÇA LEME efleme@terra.com.br

São Paulo

 

 

 

_____________________________________________________________________________________________________________________________

 

 

 

 

"POR QUE ELA?"

 

 

 

Compartilho com o jornalista João Mellão Neto as mesmas preocupações com relação a uma eventual eleição de Dilma. Para mim, se o povo brasileiro eleger essa ex-assaltante de bancos, ex-guerrilheira e ex-terrorista como presidente da república, definitivamente esse povo não merecerá mais crédito de ninguém. A cada ponto que essa sujeita ganha nas pesquisas, é um passo a mais que eu dou em direção ao Aeroporto de Cumbica.

 

 

Paulo S. Barci paulo.barci@terra.com.br

Ribeirão Preto

 

_____________________________________________________________________________________________________________________________

 

 

 

 

 

AS 1001 NOITES DO SR. MELÃO

 

 

Sugiro que o nobre articulista (Por que ela? A2 - 12/03/10) adote a revista PLAYBOY como seu principal livro de cabeceira para diversificar os seus sonhos. Passar os próximos 4, 8 ou até 16 anos, sonhando diariamente com Dilma, Dirceu, Genoino, Lula, etc...vai ser uma tortura para ele. Troque os "red boys" pelas "coelhinas".

 

 

 

Paulo Roberto Cestari paulo.cest@ig.com.br

Santo André

 

 

_____________________________________________________________________________________________________________________________

 

MELLÃO

 

Não é só ele que perde o sono, não, eu também . Vejo até a possibilidade de emigrar para o Chile, pelo menos lá o terremoto é passageiro, aqui teremos anos seguidos de terremoto, maremoto outros tantos motos possíveis.

 

 

 

josé guilherme santinho msantinho@uol.com.br

Campinas

_____________________________________________________________________________________________________________________________

 

 

FRUTO AMARGO

 

 

OPORTUNO o ARTIGO DO DESTEMIDO JORNALISTA JOÃO MELLÃO NETO (12/3, A2), QUE PRECISA SER LIDO POR TODOS OS BRASILEIROS QUE TÊM CONSCIÊNCIA PATRIÓTICA PARA COM NOSSO BRASIL,E QUE SE PREOCUPAM COM SEU DESTINO. NESTE ARTIGO MELLÃO COMENTA AS MAZELAS PRATICADAS COM O DINHEIRO DO POVO E AS JUSTIFICATIVAS,AS MAIS ABSURDAS,QUE SÃO DADAS PELOS CORRUPTOS . PEÇO VÊNIA AO ARTICULISTA PARA EXTRAIR UMA FRASE "DESVIAR DINHEIRO PÚBLICO NÃO É CONSIDERADO PECADO POR CERTOS ESQUERDISTAS". É O SUFICIENTE PARA JUSTIÇAR O ARTIGO EM TELA. A PERGUNTA "POR QUE ELA"?,É PORQUE EXISTEM DOIS GOVERNANTES ESTADUAIS,JOSÉ SERRA E AÉCIO NEVES DORMINDO O SONO DOS INCONSCIENTES. NÃO SE DECIDEM, JUNTOS,SALVAR EM QUANTO É TEMPO, O NOSSO PAÍS DE UM FUTURO QUE SÓ DEUS SABE O QUE SERÁ! PELO PRÓPRIO DIREITO (IPSO IURE) DE SEREM GOVERNANTES DE DOIS ESTADOS,ELEITORALMENTE FALANDO, MAIS POPULOSOS DO BRASIL, SÃO CO- RESPONSÁVEIS PELO DESTINO POLÍTICO DA NOSSA PÁTRIA. HÁ UM PROVÉRBIO LATINO (ARBOR EX FRUCTU COGNOSCITUR)-A ARVORE SE CONHECE PELO FRUTO-,QUE NOS SERVE DE ORIENTAÇÃO: A CANDIDATA OFICIAL É UMA ARVORE DE FRUTO AMARGO!

 

 

 

ANTONIO BRANDILEONE abrandileone@uol.com.br

Assis

_____________________________________________________________________________________________________________________________

 

 

 

 

Como Mellão, sinto arrepios mesmo quando imagino nosso país nas mãos de Dilma. Acontece que, se ela vencer as eleições, acontecerá o mesmo que na Argentina (Lulla copia tudo). Kichner elegeu Cristina que cumpre as formalidades de uma estadista, e seu marido, com sala de trabalho na Casa Rosada, é quem comanda o país. Espero ter respondido as dúvidas contidas no excelente artigo. Mentira quando Lulla diz que não se candidatará em 2014. Ele não quer largar essa mamata jamais!

 

 

 

 

Edith Vannucci edith2@bol.com.br

Barueri

 

 

_____________________________________________________________________________________________________________________________

 

 

 

 

DILMINHA

 

 

 

Não têm merecido espaço minhas cartas lembrando a antiga condição de bandoleira, ligada a grupos extremistas, da sra Dilma Rousseff. Espero que não seja apenas pela menção ao que ela, Efetivamente, era, ou seja: bandoleira, ligada a grupos extremistas.

 

 

 

José Benedito Napoleone Silveira nenosilveira@aim.com

Campinas

 

 

 

_____________________________________________________________________________________________________________________________

 

 

 

DILMA E SEUS "RED BOYS"

 

 

 

Excelente o enfoque que João Mellão Neto dá, caso de Dilma seja eleita ( Por que ela ? - Pag. A2 - 12/03 ). Quem conhece o passado dessa figura com "status" de Ministra, e dos que a rodeiam, realmente devem estar tremendo. Lula está preparando o caminho para que isso aconteça. Essa esquerda brasileira, unida aos tiranetes do mundo que Lula fez questão de visitar, nunca foi confiável. Estão tecendo uma rede para abiscoitar tudo e nos tornar subservientes de um regime que as pessoas de bem desse país nunca quizeram. Mas, o Brasil não é Cuba, haverá uma grande reação caso aconteça o que estão programando, e já existem grupos formados para isso, temos certeza. Cremos que esse poste que Lula inventou não deverá vencer nas próximas eleições e poderemos inverter esse quadro, e o pior dos governos que o Brasil já teve (o de Lula) poderá ser banido do nosso mapa político, e o Brasil irá figurar como uma das grandes potências mundiais. Só não está em posição melhor por causa de Lula e "sus amiguitos" e todas as bandalheiras que aprontaram nesses quase 8 anos.

 

 

 

CARLOS EDUARDO DE BARROS RODRIGUES ceb.rodrigues@hotmail.com

São Paulo

_____________________________________________________________________________________________________________________________

 

 

 

 

MORALIDADE UTÓPICA?

 

 

A propósito do ótimo artigo "Por que ela?" do Sr. João Mellão Neto (12, A2), há que se reconhecer que o "paraiso" desejado pelos defensores da imprensa sob controle e justiça com ações limitadas, nunca esteve tão próximo. Seria utopia no nosso país imaginar a prisão exemplar de políticos - governistas - que se envolvam em escândalos financeiros? Estranho e preocupante em tudo isso é o silêncio dos candidatos e partidos com relação ao tema. Teto de vidro?

 

Nilson Otávio de Oliveira noo@uol.com.br

São Paulo

 

_____________________________________________________________________________________________________________________________

 

 

AUDÁCIA DO BOFE!

 

 

Ao ver a propaganda eleitoral da parelha Lula/Dilma, onde o presidente diz que a Senhora Dilma é a cara de São Paulo senti-me indignada! Sou paulistana, nascida e criada neste Estado maravilhoso e não admito que o Lula venha dizer que essa Senhora tem a minha cara. Sempre trabalhei, nunca peguei em armas, nunca assaltei bancos, nunca seqüestrei ninguém e nunca precisei mentir quanto ao meu CV, nunca precisei esperar por um ex-líder sindical me indicar para qualquer emprego muito menos por um cargo político, nunca precisei me esconder e também nunca tive um lugar no Conselho da Petrobrás, cargo esse muito bem remunerado. Enfim, espero que essa propaganda seja um tiro no próprio pé. Quem é paulistano e paulista não dará seu voto a essa Senhora. Quem é paulista e paulistano e viveu e trabalhou na cidade e no Estado de São Paulo em 1964 sabe como essa turma de terroristas e guerrilheiros agia. E, tenho certeza, não mudaram. São movidos por ódio, vingança, e querem o poder para continuar a corrupção e a bandalheira que grassa em Brasília. Parabéns ao Sr.Mellão pelo artigo de ontem. Oh,Deus, não permita tal barbaridade.

 

 

Lúcia Sêneca Rocha lucia@mxtseguros.com.br

São Paulo

 

 

 

___________________________________________________________________________________________________________________________

MAIS UMA INAUGURAÇÃO

 

Desta vez o "CARA" esteve em Araucária/PR (12.03) para inaugurar a 1ª etapa das obras da Refinaria Pres. Getulio Vargas (Repar), da qual dos 52 contratos 19 estão com indícios de superfaturamento e com suspeição pelo TCU. Na oportunidade afirmou que a PeTrobás cresceu 10 vezes mais do que era, nos oito anos de seu (des)governo, o que é duvidoso, seria aceitável se crescesse ainda mais, mesmo porque somos auto-suficientes em petróleo, que é calculado em dolar, e a cotação do dolar, durante esses anos, só caiu e muito.O preço do litro de combustível em nosso país é um dos mais caros do mundo, dessa maneira, mesmo mal dirigida, obviamente deveria ter crescido muito mais. Mesmo considerando as elevadas despesas com o "empreguismo" de inúmeros apadrinhados do PT e aliados, além de um "cem" número de gastos que não podiam aparecer na CPI, que conseguiram abafar. A campanha eleitoral continua e a "mãe" do PAC não poderia estar ausente em mais uma inauguração.

 

 

Luiz Dias lfd.silva@uol.com.br

São Paulo

___________________________________________________________________________________________________________________________

 

 

UM EMPREGO PARA DILMA

 

 

 

A candidata do Lula à Presidência da República declarou, dias atrás, que, licenciada da Casa Civil para concorrer a este cargo, precisará de um emprego no PT, porque, após ter trabalhado por muito tempo, não é rica e não tem dinheiro para se manter, não para o resto da vida, mas durante esses 10 próximos meses, até o final do ano.

Ninguém está a exigir candidato ou candidata ricos. O que se deseja é que o presidente tenha espírito empreendedor, visão macro e microscópica da economia, tenha usado sua inteligência nos tempos em que trabalhou e, fruto dela, tenha conseguido economizar o suficiente para se manter, se não pelo resto da vida, pelo menos para sobreviver por alguns anos. É o mínimo de prudência, tirocínio e sagacidade que se exigem de um candidato.

Oras, se ela não conseguiu ter um desempenho pelo menos razoável para ganhar dinheiro para gerar sua independência, o que tem ela, como experiência pessoal, para administrar o nosso País? A sua folha corrida de funcionária pública é insuficiente para pleitear o cargo máximo da nação. Com todas essas deficiências próprias, ela não conseguirá administrar o Brasil, nem retirá-lo da medíocre situação por que passa no momento, com suas obras de investimento encravadas e sob suspeita de desvio, malversação e até mesmo roubo de dinheiro.

Dizer-se competente, não é ser competente. Competência mostra-se no desempenho da profissão como, por exemplo, o fez Eike Batista, hoje um dos maiores empresários e um dos homens mais ricos do mundo. Então que seja ele nosso candidato caso possua, como esperamos, uma ficha limpa. Pelo menos temos certeza que ele não vai precisar roubar para sobreviver após o exercício do seu mandato.

 

 

Domingos Perocco Netto dperocco@ig.com.br

Itatiba

 

 

 

___________________________________________________________________________________________________________________________

 

 

A CARA DE SÃO PAULO

 

 

 

Se a Dilma Rousseff tem a cara de São Paulo como disse o presidente Lula está explicado porque um dilúvio caiu sobre a cidade e o Estado. Eram lágrimas de desespero do mais Alto Escalão.

 

 

 

Aliana Cândida Silva alianacandida@yahoo.com.br

São Paulo

___________________________________________________________________________________________________________________________

 

 

COMPORTAMENTO MUTANTE

 

 

Ciro Gomes, sob a orientação de Lulla, está deixando de ser um politico de partido para ser um encrenqueiro partidário.

 

 

A. Fernandes standyball@hotmail.com

São Paulo

___________________________________________________________________________________________________________________________

 

 

 

 

A Cada dia cresce meu medo, o cerco fica cada vez menor e o poder de Lulla, maior ( Dilma)! Depois dos "Direitos Humanos" agora é dado o poder de polícia para a Receita Federal? DEsculpe-me, mas que cabeça tão pequena! Não sei se ter dó ou mais medo!

 

 

Matilde de Paula Romano mati.paula@yahoo.com.br

São Paulo

___________________________________________________________________________________________________________________________

 

 

POLÍCIA TRIBUTÁRIA

 

 

Sinto muito, sr. presidente, mas o projeto de seu governo que dá à Receita poder de polícia não terá o meu respeito. Na minha casa só entram os meus convidados. Funcionário do governo em missão oficial, só com autorização judicial. Caso contrário (sem querer demonstrar desrespeito à Justiça) será recebido com uma azeitona quente no meio dos... A Constituição do País garante minha privacidade e para defendê-la penso que todos os meios são válidos.

 

 

Humberto de Luna Freire Filho hlffilho@gmail.com

São Paulo

 

 

___________________________________________________________________________________________________________________________

 

 

O LOBO EM PELE DE CORDEIRO

 

 

 

Enfim começa a cair a verdadeira máscara de Lulla: o homem que sugere a sua mulher praticar aborto, nunca "vê" ou sabe de nada da corrupção na sala ao lado de seu gabinete e, deprimente, amoral, considera os presos políticos de Cuba como bandidos comuns de São Paulo. Creio que até o Sr Obama, hoje, se lamenta de ter conhecido "o cara": o primeiro grande farsista democrático do século 21! Triste país e povo brasileiro que não mereciam passar por mais esse engodo pós-Collor!

 

 

 

Celso Engelberto Ayres drcelsoayres@uol.com.br

Mogi-Mirim

 

 

___________________________________________________________________________________________________________________________

 

SALVA-VIDAS PARA O POVO DE SP

 

 

Segundo o presidente Lula, tem gente inaugurando até maquete! Presumo que a carapuça sirva perfeitamente no governador Serra, ao anunciar, com o auxílio didático de uma maquete, uma ponte que ligará Santos a Guarujá. Temo que esta obra "magnifica" irá favorecer apenas a alguns eleitores milionários cansados de esperar nas filas que dão acesso àquela cidade nos finais de semana. Ora, sr. governador, mais de 75 pessoas já morreram em São Paulo em consequência das enchentes nos ultimos 3 meses e senhor vai ligar Santos a Guarujá com uma ponte que custará aos nossos bolsos a bagatela de 700 milhões de reais? Espero que pelo menos o senhor dê coletes salva-vidas aos eleitores pobres que perderam o pouco que tem nas enchentes!

 

 

ROLANDO CALLEGARIS rmjpc4@msn.com

Peruíbe

 

___________________________________________________________________________________________________________________________

 

 

 

SOBRE PONTE SANTOS-GUARUJÁ

 

 

 

Moro em Santos, uso meu carro a trabalho e sofro muito com as filas na balsa para o Guarujá. Fiquei estarrecido de ver o presidente da República vir aqui na região ontem fazer baixaria eleitoral, pegando no pé do governador Serra e criticando o projeto da ponte que vai ligar as duas cidades. Pois eu não vejo a hora de sair essa ponte, vai resolver a minha vida e a de muita gente. O presidente, pelo jeito, não está nem aí.

 

 

 

 

Antonio Carlos Gonçalves de Oliveira toninho.oliveira@gmail.com

Santos

 

 

 

___________________________________________________________________________________________________________________________