Ao Vivo

Estadão

Terrorismo na França

Série de atentados deixa país em alerta

Acontece neste domingo em Paris uma manifestação em homenagem às vítimas do ataque a sede do jornal satírico Charlie Hebdo, que deixou 12 pessoas mortas e 11 pessoas feridas  na última quarta-feira, dia 7.

O atentado a tiros na sede do Charlie Hebdo deixou 12 pessoas mortas e 11 feridas, na quarta-feira 7.

Três homens armados e com máscaras no rosto foram responsáveis pelo ataque. Dois deles são irmãos: Said Kouachi e Chérif Kouachi - que já foi preso, em 2005, e condenado, em 2008.

Na manhã da quinta-feira 8, um novo atentado em Porte de Chatillon deixou uma policial morta e um ferido. O suspeito por esse atentado foi identificado nesta sexta-feira, 9.

Autoridades francesas invadiram uma fábrica onde estavam os irmãos Said Kouachi e Chérif Kouachi nesta sexta-feira e mataram os dois. 

 Acompanhe, em Paris, a transmissão ao vivo da marcha solidária pela Reuters:

07/01/2015, 10h39

ACOMPANHE AO VIVO

Atualizar
  • 21h35

    11/01/2015

    Encerramos neste momento o ao vivo da série de atentados que a França enfrentou nesta semana. Continue acompanhando a nossa cobertura no estadao.com.br. Boa noite!

  • 21h04

    11/01/2015

    Marcha por tolerância reúne 3,7 milhões de pessoas em Paris. Mais de 50 chefes de Estado, alguns com histórico autoritário, vão a ato na capital da França. Leia mais aqui

    Matthieu Alexandre/AP

  • 20h31

    11/01/2015

    Líder muçulmano libanês condena atentados e "ataques da imprensa" ao Islã. O xeque Mohamed Moghrabi fala em nome da Dar al-Fatwa, instituição religiosa do governo libanês, no Brasil.

  • 18h25

    11/01/2015

    Para controlar jihadistas, Europa rastreará passageiros aéreos. Lista de critérios será criada para determinar nível de risco, e quem se enquadrar terá de se explicar nas fronteiras da Europa. Leia mais aqui

    Joel Saget/AFP

  • 18h10

    11/01/2015

    Martin Bureau/AFP

  • 17h52

    11/01/2015

    Manifestantes continuam ocupando as ruas parisenses durante a noite. 

    Joel Saget/AFP

  • 17h24

    11/01/2015

  • 17h15

    11/01/2015

    TV EStadão: O Islã é responsável pelo atentado em Paris?

  • 16h32

    11/01/2015

    Cerimônia na Grande Sinagoga de Paris transcorre em homenagem aos quatro judeus assassinados na onda de ataques. 

  • 16h13

    11/01/2015

    Hollande e Netanyahu são muito aplaudidos. 

  • 16h10

    11/01/2015

    O presidente da França, François Hollande, e o primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, encontram-se na Grande Sinagoga de Paris. Quatro civis judeus foram assassinados durante os dias de ataques vividos pela capital francesa. 

  • 15h59

    11/01/2015

  • 15h51

    11/01/2015

  • 15h42

    11/01/2015

  • 15h36

    11/01/2015

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.