Ao Vivo

Estadão

Sem disputa, Petrobrás vence leilão de Libra com Shell, Total e duas chinesas

No primeiro leilão do pré-sal, nesta segunda-feira, 21, a área de Libra, situada a 183 km da costa do Rio de Janeiro, foi arrematada por consórcio formado por cinco empresas: Petrobrás, as chinesas CNOOC e CNPC, a francesa Total e a anglo-holandesa Shell.  A proposta de pagamento prevê 41,65% do lucro em óleo para a União, exatamente em linha com o porcentual mínimo de 41,65% exigido no edital. A oferta vencedora foi, portanto, além de única, a mínima fixada em edital publicado pelo governo. 

 

O leilão aconteceu cinco anos após a descoberta da camada pré-sal. O gigantesco prospecto de Libra é o maior do pré-sal e seu potencial de óleo recuperável pode se aproximar dos 12 bilhões de barris. Às vésperas do leilão, os ânimos começaram a esquentar e uma greve convocada pela Federação Única dos Petroleiros (FUP), contrária à licitação, paralisou refinarias, plataformas e centro de distribuições da Petrobrás em 16 Estados desde a semana passada.

 

ACOMPANHE AO VIVO

Atualizar
  • 16h26

    21/10/2013

    Ministro Lobão (2º à esquerda) comemora com representantes do consórcio vencedor do leilão do pré-sal.

    Marcos De Paula/Estadão

  • 15h47

    21/10/2013

    RIO - O consórcio vencedor foi o único a apresentar proposta. O consórcio é formado pelas chinesas CNOOC (10%) e CNPC (10%), pela francesa Total (20%), pela anglo-holandesa Shell (20%) e pela Petrobrás (10%). Por lei, a Petrobrás já tinha 30% de participação, totalizando os 100%.

  • 15h43

    21/10/2013

    SÃO PAULO - As ações da Petrobras saíram do vermelho e não só passaram a subir, como dispararam em meio ao leilão de Libra. Os papéis, que chegaram a cair com vigor mais cedo, subiam mais de 5%, fazendo com que o Ibovespa, às 15h41, operasse na máxima, em alta de 1,03%, aos 55.946,29 pontos. (Claudia Violante)

  • 15h42

    21/10/2013

    RIO - Consórcio da Petrobrás com chinesas CNPC e CNOOC, Shell e Total vence sem ágio o leilão de Libra, o primeiro do pré-sal.

  • 15h40

    21/10/2013

    RIO - Oferta do consórcio formado por Petrobrás, Shell Brasil, Total, CNPC e CNOOC prevê excedente em óleo oferecido à União de 41,65%.

  • 15h37

    21/10/2013

    RIO - Envelope 1 tem consórcio formado por Petrobrás, Shell Brasil, Total, CNPC e CNOOC.

  • 15h36

    21/10/2013

    RIO - Em seu discurso de abertura, o ministro de Minas e Energia, Edison Lobão, disse que com a área de Libra o Brasil mais do que dobra as suas reservas recuperáveis de petróleo, alcançado 25 bilhões de barris de petróleo e gás. "São recursos imensos a serviço da população brasileira", afirmou. De acordo com Lobão, apesar das críticas feitas pela adoção do regime de partilha para os prospectos do pré-sal, esse modelo foi bastante discutido e estudado pelo governo federal antes de sua implementação. "Essa é uma lei que atende aos interesses da população brasileira. A educação e a saúde têm sido muito discutidas, e finalmente iremos praticar aquilo que o povo deseja, que é uma educação e saúde de países desenvolvidos", afirmou. (Wellington Bahnemann, Sabrina Valle  e Mônica Ciarelli)

  • 15h32

    21/10/2013

    RIO - ANP abre o período de 3 minutos para a entrega das propostas no leilão.

  • 15h31

    21/10/2013

    RIO - Regras do leilão: todos os consórcios devem conter ao menos um integrante habilitado nível A. Sete empresas foram habilitadas como nível A e quatro empresas foram licitadas como nível B.

  • 15h30

    21/10/2013

    SÃO PAULO - As ações da Petrobrás passaram a subir após o início da cerimônia do leilão da área de Libra. Às 15h26, o papel ON subia 0,06% e o PN, 0,28%. (Agência Estado)

  • 15h27

    21/10/2013

    RIO - Comissão Especial de Licitação: nenhuma empresa poderá fazer mais de uma oferta para um mesmo bloco de exploração, seja individualmente ou via consórcio.

  • 15h26

    21/10/2013

    RIO - Procurador da AGU comenta sobre as 18 ações judiciais que tentavam impedir a realização do leilão.

  • 15h24

    21/10/2013

    RIO - Comissão apresenta regras e procedimentos para o leilão do pré-sal.

  • 15h22

    21/10/2013

    RIO - Magda, da ANP, com voz bastante rouca, disse em seu discurso de abertura que os investimentos gerarão uma excelente oportunidade para desenvolver a indústria nacional e criar empregos e renda de qualidade. (Agência Estado)

  • 15h21

    21/10/2013

    RIO - Lobão: diretores da PPSA foram escolhidos por mérito e são técnicos por competência. Escolha não teve nenhuma influência exógena.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.