Acertando o foco
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Acertando o foco

Armando Fávaro

27 de fevereiro de 2014 | 12h06

Na primeira cobertura fotográfica de uma guerra, “Guerra da Crimeia” (1854-1855), o fotógrafo inglês Roger Fenton levou consigo uma carruagem, cinco câmeras, 700 placas de vidro, aparelhos, instrumentos, rações e quatro cavalos comprados em Gibraltar. Passados 159 anos, as imagens de um conflito, em qualquer lugar do planeta, chegam às redações dos jornais e revistas minutos após a sua captura. A fotografia teve seus caminhos, e tem a sua estrada, determinados pela tecnologia. O desenvolvimento de novas ferramentas e a ampliação do conhecimento, decorrente do uso dessas tecnologias, também permitiram a diversificação das possibilidades de produção, distribuição e consumo de imagens numa proporção e velocidade imensuráveis.

Nesse ambiente instigante, este blog nasce com o intento de fomentar a discussão sobre a fotografia, o fotojornalismo e suas histórias. A ideia é conversar com fotógrafos profissionais, trazer suas histórias e as histórias de suas fotografias. Trocar ideias com os fotógrafos amadores e dar visibilidade aos seus trabalhos. Apresentar as novidades em equipamentos e tecnologia, divulgar exposições e livros. Enfim, abordar todos os gêneros da fotografia e tudo o que possa colaborar com os amantes da boa imagem.