PORTO ALEGRE

Estadão

17 de agosto de 2009 | 00h07

Causou grande consternação nesta cidade a morte de Euclydes da Cunha. Na Faculdade de Direito não houve aulas, tendo os lentes suspendido em homenagem á memória do grande escriptor.