Quarta-feira, 6 de abril de 1910

Estadão

06 Abril 2010 | 00h00

 

 

ALLEMANHA

Os socialistas e os democratas organisaram no dia 13 de março reuniões a favor do suffragio universal nas tres grandes cidadeas da Prússia: Berlim, Breslan e Francfort. Essas reuniões foram seguidas de cortejos. Em Berlim, as associações democraticas realisaram uma reunião publica no palácio das Fadsa perto da Bolsa, onde mais de 5.000 pessoas acclamaram uma ordem do dia a favor da alliança entre democratas e socialistas para combater a lei eleitoral. (…) (pág 1)

 

 

1910.04.06_PavilhaoBrasPoloSul_pag63

 

O pavilhão brasileiro no polo sul – Quando, a 15 de novembro do anno passado, se commemorava no Brasil a proclamação da Republica, com as costumadas festividades officiaes, tão pouco atrrahentes,- num recanto longinquo da terra se passava uma scena que nos deve encher de gratidão e contentamento. O “Pourquoi-pas?”, que partira para as explorações polares, achava-se ancorado nos gelos dasse ao pólo sul. E seu commandante, o sábio francez Jean Charcot, que estivera entre nós, na sua passagem pelo porto do Rio, teve esta idea gentil, a que não devemos ser indifferentes: commemorar tambem a proclamação da Republica Brasileira. Reuniu os seus destemidos companheiros num banquete, e emquanto na solidão das neves ecoavam os “hurrahs” ao Brasil(…) A gravura que reproduzimos acima, mostra o nosso pavilhão tremulando no alto de um mastro do “Pourqoi-pas?”- requinte de gentileza a que o Brasil se deve mostrar reconhecido, porque traduz não sómente a sympathia de um outro povo irmão pelo nosso, como uma grande honra para o nosso paiz, assim alliado agóra á historia das explorações scientificas para a conquista do pólo sul. (pág.3)

 

GRAN-BRETANHA

Lord Rosebery apresentou á camara dos lords as tres seguintes resoluções, que serão discutidas a partir de 14 do corrente:

“Primeiro: Uma segunda camara forte e munida de poderes efficazes não constitue apenas uma parte integrante da Constituição britannica, mas é indispensável para o bem do estado e para equilíbrio do parlamento.

Segundo: A melhor maneira de obter essa segunda camara consiste em reformar a camara dos lords.

Terceiro: A condição indispensável e preliminar dessa reforma e dessa reconstituição é a acceitação do principio de que a posse do pariato não dirá daqui para o futuro só por si o direito de ter assento e de votar na camara dos lords. (…) (pág.1)

 

PORTUGAL

Effectuou-se, em Angola, a occupação do Cuangar, a longa distancia do Lubango, estabelecendo-se alli um posto militar e montando-se um reducto como testemunho da soberania e autoridade portuguesa.(…) Uma surpresa aguardava, porém, as tropas portuguesas. Na região onde ia ser levantada a bandeira azul e branca, symbolo de ocupação achava-se uma peça do exercito allemão, pertencente, decerto ás unidades da guarnição na Damerelend. O governador, sr. João de Almeida, ao ter conhecimento de tal facto, tratou de escolher o ponto onde se havia de construir o reducto, e, antes mesmo de ser iniciado o seu levantamento, firmara no território Cuangar a bandeira portugueza, dando a este acto a maior solemnidade. Os soldados allemães retiraram-se, immediatamente, logo que souberam da permanência na região das forças portuguezas, não tendo, pois, o incidente conseqüências ulteriores.(…) (pág.2)

 

1910.04.06_GrupoEscolarDoisCorregos_pag63

1- Edificio do grupo escolar

2– Evolução e gymnastica pelas allumnas, no dia da inauguração

3 – O batalhão infantil, preparado para as evoluções que com tanto garbo realisou.

 

 

AUSTRIA-HUNGRIA

A Dieta da Croacia vae recomeçar os seus trabalhos. Nessa sessão legislativa occupar-se-á principalmente da reforma da lei eleitoral para a Croacia e a Esclavonia. Essa lei assemelhar-se-á o mais possível á lei hungara (…) Essa reforma eleitoral terá caracter provisório, pois no dia em que a lei hungara fôr reformada sobre a base  do suffragio universal, deverão ser temas das disposições análogas tanto na Croacia como na Esclavonia. O governo croata publicou um decreto regulando o emprego dos caracteres cyrillicos nas relações officiaes e o seu ensino nas escolas primarias da Croacia e da Esclavonia. Os caracteres cyrillicos são equiparados aos latinos. Esta satisfacção dada ao elemento orthodoxo ou sérvio da população foi acolhida com satisfacção e gratidão em todos os paizes de língua servia e principalmente em Belgrado.(pág.3)

 

ANNUNCIO

 

 

1910.04.06_LampadasEletricIncande_pag71