Quinta-feira, 14 de abril de 1910

Estadão

14 Abril 2010 | 00h00

 

 

 

1910.04.14_Portugal_pag152

 

RIO

Amanhan, á 1 hora da tarde, a delegação uruguaya irá ao palácio do Itamaraty offerecer ao barão do Rio Branco um trabalho em bronze, executado pelo escultor Juan Ferrari. O trabalho representa um gaucho em attitude de applauso, trajando um xiripá e um poncho, á moda uruguaya. Á base da estatueta está a seguinte inscripção: “El aplauso del pueblo oriental”. Á tarde a delegação irá ao cemitério de S. João Baptista, afim de collocar no tumulo do dr. Affonso Penna um bronze representando a imagem da justiça internacional, tendo gravada na balança a seguinte legenda: “El pueblo oriental a la memoria del presidente Affonso Sugusto Moreira Penna”.. (pág.4)

 

1910.04.14_CommiSaneaSantos_pag152

 

AUSTRIA-HUNGRIA

Há de haver quasi um anno que as relaçõse entre a Russia e a Austria-Hungria eram muito tensas. A annexação da Bosnia e da Herzegovina, apesar de não lesar os interesses positivos da Russia, produzira em Petersburgo uma impressão desagradável. O sr. Isvolski reconheceu na Duma que os tratados anteriores não lhe deixavam, para a desfesa dos interesses dos slavos do sul, inteira liberdade de acção. É notória a intervenção alleman, tão vivamente discutida, que modificou essa situação. Após essa intervenção, o governo russo abandonou as objecções de direito que anteriormente formulara. A crise ficou assim conjurada. Mas a tensão austro-russa persistia. Os dois governos tinham renunciado aos relatórios verbaes e só se correspondiam por escripto. Continuaram a apparecer artigos, relembrando o passado, e mostrando as difficuldades que se poderiam apresentar. Um incidente que sobre-viesse nos Balkans poderia atear aquella discórdia latente. Era bom que se puzesse termo á desintelligencia.(…) Todavia, se se consideram os resultados, deve-se ficar satisfeito. A Austria-hungria e a Russia entendem-se sobre a base do “statu-quo”, da manutenção do novo regimento turco e da consolidação dos pequenos Estados balkanicos. É uma segurança, não absoluta, mas relativa.(pág.1)

 

1910.04.14_TrappaTremembe_pag151

Grupo tirado especialmente para o “Estado” e em que se vêm o sr. secretario da Agricultura, (que tem a seu lado direito frei Lisard e á esquerda frei Alexis), pessoas da comitiva e convidades que acompanharam na visita á grande propriedade agricola da trappa.

 

ESTADOS UNIDOS

Washington – Em quanto não for expedida pelo supremo tribunal a sentença concernente ao processo a que foi submetido o trust “Standard-Oil”, o governo resolveu suspender todos os processos já iniciados contra outros “trusts”. (pág.4)

 

TURQUIA

Os joenaes turco commentam muito favoravelmente a noticia das próximas visitas a Constantinopla dos reis da Bulgaria e da Servia. Fazem notar a grande mudança que se operou nos Balkansde há um anno para cá, isto é, numa época em que os acontecimentos eram de tal ordem que ninguém poderia pensar no que hoje se está preparando: a chegada dos soberanos dos dois reinos slavos. Os jornaes attribuem naturalmente essa feliz mudança á Constituição, á melhoria da situação interior do paiz e tambem ás reformas operadas no exercito. Felicitam-se pelo facto da Turquia, graças ao novo regimen, estar occupando, tanto em face dos Estados balkanicos como em face da Europa, uma posição mais invejável do que sob o regimen da autocracia. Toda a imprensa é unânime em declarar que o paiz só deseja a paz e reconhece que de Petersburgo é que partiram os bons conselhos de paz que foram escutados e seguidos pela Bulgaria. Esse reconhecimento é corroborado pelo facto de segundo se diz, ser o proprio rei Fernando o primeiro a dar conhecimento do desejo que tinha de ir a Constantinopla.(…)(pág.1)

 

ANNUNCIO

 

1910.04.14_BentoLoeb_pag159