Sabbado, 17 de dezembro de 1910

Estadão

17 de dezembro de 2010 | 00h00

 

Leão Tolstoi

Leão Tolstoi, o mais celebre escriptor e philosopho russo, morreu pouco depois das seis horas da manhan de domingo dia 20 de novembro, na casa do chefe da estação ferro-viaria de Astaporo, onde se recolhera enfermo por occasião da sua fuga, já agora famosa. A’ cabeceira do grande homem de letras achavam-se desde a véspera, seis médicos que, apesar das successivas crises cardíacas, conservaram, durante muitas horas, a esperança de que Tolstoi, com os seus vigorosos oitenta e três annos, lograria resistir á gravidade da doença.

E,borá perdesse a fala, manteve, segundo o testemunho medico, até o fim, a consciência do seu estado. Antes de emmudecer, exclamou, dirigindo-se à sua filha mais nova:

– Há sobre a terra milhares de homens que soffram; porque estaes ahi todos, occupando-vos só de mim?! “ (…)

ESTADOS UNIDOS

Experiencias de aviação- A travessia do isthmo do Panamá

NOVA YORK, 16 (D.)- Annuncia-se que o aviados Kannor se propõe a atravessar o isthmo do Panmá, em aeroplano, partindo da cidade de Colombo.

INGLATERRA

Conflictos em Calcuttá

LONDRES, 15(D.)- Retardado- Telegrammas de Calcuttá noticiam que se deram novos conflictos promovidos pelos hindus e occasionados pelo facto de um contigente de trinta e dois praças do exercito indiano terem impedido o sacrificio de uma vacca, que devia realizar-se dentro de uma mesquita.

A força maltratou muito os mohometanos, temendo-se, por isso, uma reacção.

Os combates no Mexico entre os rebeldes e as forças legaes

LONDRES, 16 (H.)- Os jornaes desta capital publicam telegrammas de Nova York annunciando que o general Navarro, commandando um numerosos contingente de forças legaes, bateu duas vezes, nesta semana, em Guerrero, os rebeldes mexicanos. Estes estão reunindo reforços, acreditando-se que se preparam para outro combate.

AUSTRIA-HUNGRIA

O perigo dos alfinetes para chapéus

VIENNA, 16 (D.)- O governador de Vienna prohibiu às senhoras o uso de longos alfinetes para chapéus, por offerecerem perigo aos transeuntes e aos passageiros dos “tramways”.

Foi estabelecido uma multa aos infractores dessa determinação.

publicidade

publicidade

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.