Arcebispo do Rio quer levar papa Francisco à favela

Viviane Bittencourt

14 de março de 2013 | 18h15


RIO DE JANEIRO (EFE) – O arcebispo do Rio de Janeiro,  Orani João Tempesta, expressou hoje plena confiança de que o papa Francisco visitará a cidade para a Jornada Mundial da Juventude e disse que deseja levá-lo a uma favela e ao Cristo Redentor.

“Tenho o sonho de levar o papa Francisco ao Cristo Redentor e creio que ele receberá muito bem a ideia. Mas outra coisa que queria era levá-lo a uma comunidade pobre, a uma favela”, declarou Tempesta.

Até hoje, o único papa que visitou o Cristo foi João Paulo II que, durante uma visita ao Rio em 1980 também conheceu a favela do Vidigal, na zona sul da cidade.

O arcebispo explicou a jornalistas que os organizadores da Jornada da Juventude, que acontece em julho no Rio, confiam que terão uma primeira reunião com o papa argentino nas próximas semanas e que, então, serão apresentados seus planos.