Líderes de todo o mundo assistirão à missa inaugural

Viviane Bittencourt

14 de março de 2013 | 17h45

EFE – Líderes de todo o mundo assistirão na terça-feira que vem à missa solene de início do pontificado do papa Francisco, entre eles uma ampla representação dos latino-americanos, orgulhosos de ter, pela primeira vez, um papa da região.

Entre as personalidades que participarão da cerimônia, estará a presidente do país natal de Francisco, Cristina Fernández. Também assistirá à missa o vice-presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, “feliz de ter a oportunidade de transmitir pessoalmente” seus bons votos e de todo o povo americano ao papa Francisco. A cerimônia contará também com o governador-geral do Canadá, David Johnson.

Dentro da ampla delegação latino-americana, estará Dilma Rousseff e o presidente do Chile, Sebastián Piñera. Do México, virá o presidente Enrique Peña Nieto, e do Paraguai e Costa Rica seus chefes de Estado, Federico Franco e Laura Chinchilla, respectivamente. Da Guatemala, virá o chanceler Fernando Carrera.

Da Espanha, virão os príncipes Felipe e Letizia e o primeiro-ministro Mariano Rajoy. A chanceler da Alemanha, Angela Merkel e o primeiro ministro da França, Jean-Marc Ayrault também estarão presentes.