Coleção de mascotes

Estadão

06 de agosto de 2012 | 06h58

pantufa.jpg

As incríveis ilustrações da argentina Isol estão agora dando vida ao simpático livro Pantufa de Cachorrinho, do argentino Jorge Luján, que mora agora no México. A obra é resultado de uma forma não muito comum de escrever livros: ele fez os poemas com a participação de nove crianças, de 5 a 13 anos, moradoras da Argentina e do México. Tudo pela internet. Jorge sugeria um tema, as crianças mandavam seus casos e ele transformava tudo em poemas curtos, simples, inocentes e engraçadinhos. E todos eles envolvendo algum bichinho de estimação. Como este aqui embaixo:

“Minha coelhinha entende a gente:
se você está triste ela logo sente. 
Eu sei que ela anda de quatro
e que morde até demais
mas é melhor que as pessoas mais legais.” 

O livro vai ser lançado pela editora Autêntica durante a 22ª Bienal Internacional do Livro de São Paulo, que acontece de 9 a 19 de agosto.

Pantufa de Cachorrinho. Texto: Jorge Luján. Ilustrações: Isol. Ed. Autêntica, R$ 35.