Cheia de vontades

Estadão

07 de agosto de 2012 | 07h00

princesa.jpg

(Por Aryane Cararo)

Bruxas costumam ser temidas, mas não princesas. Mas a desta história era. Ninguém queria chegar perto, com medo de que a princesa tomasse para ela o que via. Tinha sido assim desde que nasceu. Ela queria tudo. E de tanto querer começaram a chamá-la de Princesa Desejosa e esqueceram seu nome verdadeiro.

Com o tempo, os súditos do reino perceberam que não adiantava ficar trancado em casa, com medo de que a princesa os visse e deles quisesse alguma coisa: ela queria mesmo sem vê-los. Então, todos foram embora. E quando já não havia mais nem Lua para desejar, a princesa descobriu que desejava algo que não via ou podia tocar: ela queria companhia.

Como essa questão se resolve você descobre no livro A Princesa Desejosa, da gaúcha Cristina Biazetto, uma história curiosa, de muita imaginação e com ilustrações lindas. Tão bonitas que você até deseja que o livro nunca acabe.

 

A Princesa Desejosa. Autora: Cristina Biazetto. Editora Projeto, R$ 38.