Como são as suas asas?

Estadão

26 Abril 2012 | 07h00

asas.jpg

 

(Por Aryane Cararo)

Lia queria ter asas para voar como os passarinhos. Pediu para sua mãe, que era ilustradora, desenhá-la. Mas nenhuma asa parecia ser a sua asa. Elas não eram como as das aves. Também não eram leves como as nuvens. Nem pesadas como o chumbo. Sua mãe a desenhou com todo o tipo de asas que podia imaginar: de queijo, de bolhas de sabão, de papel, de borboleta, de morcego… e nada! Nem mesmo Lia sabia de que tipo eram suas asas e para onde queria voar. Mas foi só dormir para um sonho revelar como ela podia voar.

O livro Asas, de Maya Hanoch, com lindas ilustrações de Ofra Amit, ambas moradoras de Israel, tem uma ideia desafiadora: se pudesse voar, que tipo de asa seria a sua? Acho que eu gostaria de uma que soltasse tinta e pudesse colorir os lugares feios e os sentimentos ruins. Uma que lançasse estrelinhas a cada batida também não seria má ideia. E você, que asa teria?

Asas. Texto: Maya Hanoch. Ilustrações: Ofra Amit. Editora Peirópolis, R$ 42.