Fábula moderna

Estadão

20 de maio de 2010 | 17h56

Você já deve ter ouvido a história da Cinderela pelo menos uma vez na vida. Mas e se a gente falasse que Cinderela não era uma princesa e que o conto não se passa em um castelo medieval? Ficou confuso? 

cinderela

Calma, o mundo não ficou maluco. É que o autor Lynn Roberts decidiu reescrever a história com uma versão mais moderna e engraçada. A sua Cinderela se chama Greta, mora em uma mansão e vive nos anos 1920. E é lindamente retratada pelo ilustrador David Roberts.

Um dia, seu pai vai para a cidade e volta casado com uma mulher horrível (ele não enxergava nada sem óculos). A mulher traz suas filhas Pancrácia e Eufrásia, que pegam todas as coisas de Greta, até seu quarto. Greta acaba tendo de dormir na cozinha, começa a fazer a faxina de toda a casa e a ser chamada de Cinderela.

O resto da história você já sabe: uma fada madrinha aparece, ela vai a um baile, conhece o Príncipe, sai correndo, perde o sapatinho de cristal…

Cinderela – Uma História de Amor Art Déco, de Lynn Roberts. 
Ed. Zastras, R$ 39.

Observação: Na seção E Se Chover? você sempre encontra a historinha de um livro diferente, que pode ser um lançamento ou uma obra muito boa que já está nas livrarias faz tempo.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.