Lição.com

Estadão

27 de outubro de 2012 | 07h00

Capa blog_1.jpg

(Por Natália Mazzoni)

Você está pronto para os trabalhos de fim de ano? No Estadinho desta semana tem 10 dicas de sites confiáveis para as suas pesquisas. Não viu ainda? Clique nas páginas abaixo. Depois, volte aqui para conhecer outros sites legais recomendados pela coordenadora de informática do Colégio Rio Branco, Vania Maria Santo.

Página 1

Página 2

Mais sites

Máquina de Quadrinhos da Turma da Mônica

Precisa escrever uma história para a lição de casa? Você pode inventar a sua tirinha da Turma da Mônica para se inspirar ou complementar sua redação. O passo a passo é bem simples e você imprime tudo depois.

Unicef Kids
O site oficial do Fundo das Nações Unidas para a Infância divulga os direitos das crianças e adolescentes. Tem também notícias sobre campanhas contra o racismo e outros temas que podem ser interessantes para a suas pesquisas.

Atividades Educativas
Você encontra desde atividades de alfabetização até brincadeiras que estimulam o raciocínio, como o caça-palavras.

Pintores
Precisa fazer uma pesquisa para a aula de artes? O site Pintores Famosos tem a biografia de 37 artistas. Você conhece a vida de Matisse, Miró, Picasso…

Ruth Rocha
A página da escritora tem atividades interativas sobre leitura, fotos e histórias.

Guia dos Curiosos
De autoria do jornalista Marcelo Duarte, o site pode desvendar alguma dúvida que surgir durante a lição de casa, ou trazer uma informação a mais para a sua pesquisa. São curiosidades de todo o tipo, como por exemplo, a história da invenção da bússola. Por também conter conteúdo adulto, recomendamos que você visite este site na companhia de um responsável.

 

Não esqueça dos livros!

Gostou das dicas? Além de pesquisar na internet, lembre-se que os livros são sempre uma boa fonte para descobrir e entender vários assuntos. “Os livros não devem ser abandonados na hora de fazer os trabalhos da escola. É claro que é bacana usar a internet,  os acervos digitais de enciclopédias que antes só existiam no papel, mas os livros vão sempre funcionar”, aconselha a coordenadora de tecnologia educacional do Dante Alighieri, Valdenice Ninatel.

Conhecer

Você já parou para pensar em como eram feitos os trabalhos de pesquisas da escola na época em que a internet não existia? A Enciclopédia Conhecer, publicada no Brasil pela primeira vez em 1967, vendeu mais de 100 milhões de exemplares. Era preciso comprar os fascículos lançados até que a coleção ficasse completa para encadernar tudo numa capa dura vermelha de escritos dourados.

Outra enciclopédia muito famosa, que era vendida até de porta em porta, é a Barsa. Também vinha com capa vermelha e letras douradas e foi lançada em 1964. Na década de 1960 surgiu também a Grande Enciclopédia Larousse, com dez volumes. Diferente de apenas um clique, não é?

 

 

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.