Lobinhos sempre alertas

Estadão

26 Maio 2012 | 07h00

capa blog_3.jpg

No último sábado (19), o Estadinho visitou a Caçada Distrital, um evento de escotismo que reuniu mais de 100 crianças. A brincadeira foi no Parque da Vila dos Remédios, zona oeste de São Paulo.

O encontro, com vários grupos, foi inspirado na história de Kimball O’hara, o Kim, personagem do escritor Rudiard Kiplling. As obras de Kiplling foram adotadas por Baden-Powell, fundador do Escotismo, como fundo de cena para as atividades com lobinhos, crianças de 6 anos e meio a 11 anos.

O tal “fundo de cena” são histórias e jogos que estimulam os lobos a viverem em sociedade, a compartilhar e a exercitar a memória. Tudo bem divertido, como se fosse um teatro encenado em várias partes, promovendo um jogo entre as matilhas (como são chamados os grupos de lobinhos).

Com as pistas encontradas em cada uma das cenas, as crianças descobriram a frase ‘Rio + 20’, a Conferência das Nações Unidas sobre Desenvolvimento Sustentável que vai ser realizada entre os dias 13 e 22 de junho no Rio. E perceberam que a brincadeira foi uma ótima maneira de falar sobre natureza e meio ambiente.

Sentiu vontade de ser escoteiro? No site  www.escoteiros.org.br você encontra informações de como entrar para essa turma esperta. Mesmo que essa não seja a sua praia, vale navegar no site e descobrir, por exemplo, o “manual” dos lobinhos no livro Escotistas em Ação – Ramo Lobinho. Nele você lê mais curiosidades sobre a atividade.

Mas, antes de tudo, se você ainda não viu, clique nas páginas abaixo para ler a reportagem do Estadinho sobre o assunto. Depois veja a nossa galeria com fotos do encontro de escoteiros.

Página 1

Página 2

Página 3

Página 4