A escola do futuro

Estadão

06 de novembro de 2010 | 08h00

Você já imaginou como vai ser o futuro? Há quem acredite que a gente vai fazer tudo pela internet. Alguns acham até que não vamos precisar sair de casa para nada. E a escola, como fica?

Com base no que vimos no Estadinho deste sábado (dia 6), perguntamos para os entrevistados da matéria de capa como eles imaginam que vão ser as escolas no futuro.

isadora_e_beatriz_400.jpg
Isadora, à esquerda, e Beatriz, de 10 anos, do Colégio Santo Américo

No Colégio Santo Américo, Isadora Bittencourt, de 10 anos, acha que todos os alunos vão ter um iPad (aquele computador que é só uma tela e que basta encostar nas coisas para acessar). Com conexão à internet, claro. “Assim, a gente pode estudar em qualquer lugar”, conta.

Uma colega de Isadora, a Beatriz D’Ávila Pereira da Silva, também de 10 anos, queria que ele tivesse teclados, para ninguém mais precisar escrever com lápis ou caneta. “E também para não escrever errado”, completa.

isabela_400.jpg
Isabela, de 7 anos, do Colégio I. L. Peretz

No Colégio I. L. Peretz, a aluna Isabela Vinocur Kocinas, de 7 anos, prefere que as coisas não mudem tanto assim. Ela conta que gosta tanto do livro digital como do livro de papel (na sala dela, a professora deu uma atividade na qual os alunos fizeram um livro pelo computador!).

matheus_400.jpg
Matheus Abrão, de 11 anos, do Colégio São Luís

No Colégio São Luís, onde os alunos têm aula de robótica, Matheus Abrão diz que, no futuro, pode ser que os professores deem aula por holograma (igual ao filme Guerra nas Estrelas)! Sabe como é? Funciona assim: uma pessoa fica em um lugar (na escola, por exemplo) e a imagem dela aparece em outro (como na sua casa).

pedro_400.jpg
Pedro Boemer de Carvalho Cunha, de 12 anos, da Escola Viva

Já o Pedro Boemer de Carvalho Cunha, que estuda na Escola Viva, pensa que, dentro de alguns anos, a gente vai para a escola com carros voadores. Mas só para jogar bola. Porque o professor, que vai ser um robô, terá a capacidade de transmitir o conhecimento só de encostar o dedo na testa dos alunos. “Aí, a aula vai durar só um minuto!”, sonha Pedro.

E para você? Como deve ser a escola do futuro? Pense em coisas legais e envie para o Estadinho, no e-mail estadinho@grupoestado.com.br. Sua resposta poderá ser colocada no blog!