Salvar o planeta não é ilusão

Estadão

21 Abril 2012 | 07h09

kruti.jpg
Kruti Parekh, ilusionista pelo bem (Foto: divulgação)

(Por Natália Mazzoni)

O Estadinho de papel mostrou a história de Kruti Parekh, uma jovem ilusionista que começou a dar palestras sobre como cuidar do planeta com apenas 13 anos. Dez anos depois, ela continua usando seu talento para chamar a atenção para questões ambientais. Tem mais do bate-papo com ela aqui, veja só:

A mensagem de suas palestras é “salvar o planeta não é uma ilusão”. Conte um pouquinho mais.
As consequências de não fazer algo de bom para o planeta são bem perigosas, já que temos problemas como o aquecimento global, problemas relacionados ao lixo e espécies ameaçadas de extinção. Com a ajuda da mágica e do ilusionismo, eu mostro coisas como o que pode acontecer se o lixo não for separado. Por isso, meu show de mágica é chamado de “Salve a magia da Terra”.

Como é sua vida hoje? Você ainda luta pelo bem da natureza?
Sim, a vida ainda está me ensinando a lutar pelo bem do mundo. Hoje, ensino mágica para crianças surdas e mudas, capacitando-as para fazer algo de bom para si mesmas e para o mundo. Isso faz com que eles criem um sentimento de realização maravilhoso. Participo também de um projeto em Mumbai (na Índia) chamado Escola Shard Mandir High, que ajuda crianças carentes e visito escolas rurais do interior da Índia levando treinamento da mente.

O que você diria para as crianças que querem fazer algo de bom no Dia Mundial da Boa Ação?
As crianças têm uma qualidade muito grande: elas são inocentes e apaixonadas pelo desejo de fazer algo de bom para o mundo. Eu gostaria, então, de dizer a todas as crianças do Brasil para seguirem os seus sonhos e suas paixões. Façam o bem para o meio ambiente, este é o nosso mundo e, por isso, temos de trabalhar juntos para fazer dele um lugar melhor. Você certamente irá enfrentar alguns problemas e desafios, mas eles farão de vocês vencedores.