Sem medo

Estadão

25 Outubro 2011 | 07h30

morango.jpg

(Por Aryane Cararo)

Todo mundo tem medo de alguma coisa. Morango Sardento, a garotinha inspirada na infância da atriz norte-americana Juliane Moore, tinha medo de jogar queimada.

julianne2.jpg

 Essa é a atriz Julianne Moore, que escreveu o livro

Morango não temia o jogo em si, mas sim levar uma bolada do Pedro Bomba. Ele era um garoto mais alto que todos e muito, muito forte. Suas boladas eram bem doloridas e eliminavam todas as crianças da queimada.

Um dia, Morango Sardento estava no fundo da quadra, distraída brincando com seu monstro imaginário, quando percebeu que era a última criança no jogo. Não tinha jeito: ia levar uma bolada do Pedro Bomba. Que medo! Mas parece que seu monstro imaginário lhe deu poderes extraordinários para não sentir mais pavor e a bolada nem doeu.

 sardento.jpg

– UOOAARRR! Eu sou um monstro e nem ligo pras suas boladas! – gritou a garotinha.

E quem ficou assustado foi Pedro. Só que ela tratou logo de dizer que estava apenas brincando. No fim, sabe o que aconteceu? Puxa, isso a gente não pode contar. A história toda você lê em Morango Sardento e o Valentão da Escola.

Pois bem, a garotinha arranjou um jeito de perder o medo. E você, tem algum monstro ou amigo imaginário que o ajuda a superar seus temores? Deixe aqui seu recado!

Morango Sardento e o Valentão da Escola
Texto: Julianne Moore
Ilustração: LeUyen Pham
Tradução: Denise Fraga
Editora Cosac Naify, R$ 37