Troca de papéis

Estadão

11 de abril de 2013 | 07h00

 papai.jpg

(Por Aryane Cararo)

Como seria se o seu pai não quisesse ir dormir à noite e você tivesse de colocá-lo na cama? Situação mais esquisita essa, não? Geralmente, o que acontece é o contrário: sua mãe e seu pai insistindo para você dormir. E você, por outro lado, insistindo em esticar a brincadeira um pouquinho mais.

Só que nesta história de Coralie Saudo e Kris Di Giacomo, chamada de Meu Papai é Grande, É Forte, Mas…, tudo acontece ao contrário. É o pai, grande e forte, que não quer ir para a cama, que age feito criança. Ele sai correndo pela casa dizendo que não vai, que não adianta insistir. O filho tenta convencê-lo contando uma história. Mas papai quer mais, muito mais histórias. Ele implora e olha até com aqueles olhos de cão sem dono. Até finge chorar quando suas súplicas não dão certo. O filho se mantém irredutível e o coloca na cama. Porém, papai tem medo do escuro. Que dificuldade colocar o papai para dormir!

Você já pensou se a sua vida fosse assim, com a situação toda invertida? Pense em sua mãe fugindo da louça e você implorando para que ela lhe ajude a secar os copos que você está lavando. Ou seu pai dando trabalho para tomar banho antes de ir trabalhar e você tendo de colocá-lo embaixo do chuveiro para que ele não vá trabalhar porquinho. Ou sua mãe enrolando para entrar no táxi para que você a leve ao trabalho (e tudo o que ela quer é dormir só mais cinco minutinhos). Quanto trabalho! Às vezes, faz bem a gente pensar um pouco em como seria se a gente fosse o outro.

Tem alguma coisa que você faz hoje e que o tiraria do sério se o papel fosse invertido?

Bom, se você achou curioso pensar como se fosse o outro, e quer se divertir um pouco, a leitura do livro é a nossa recomendação. Até porque as ilustrações são lindas e tornam tudo ainda mais engraçado.

Meu Papai é Grande, É Forte, Mas… Autores: Coralie Saudo e Kris Di Giacomo. Editora Girassol, R$ 36,90

publicidade

publicidade

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.