Vereadora por um dia

Estadão

09 de novembro de 2012 | 15h56

Você deve ter ouvido falar bastante em política nos últimos tempos, não é? Isso é assunto de adulto, mas os alunos do Colégio Santa Amália, Nathalie Melo Tedim Maria, de 11 anos, e Rafael Autuori, de 14 anos, serão vereadores por um dia na Câmara Municipal de São Paulo. É que eles venceram um concurso com 133 inscritos e participam hoje do 11º Parlamento Jovem Paulistano, projeto criado pela Câmara Municipal de São Paulo.

Rafael criou um projeto para a implantação do programa de fornecimento gratuito de caixas d’água com material reciclável. E a Nathalie propõe a utilização de suportes para bicicletas em toda a frota de ônibus da cidade de São Paulo. Ela falou um pouco mais sobre o projeto ao Estadinho.

 

Bate-papo

Nathalie_Melo_Tedim_Maria._Colegio_Santa_Amalia_Tatuape.jpg

Nathalie Melo Tedim Maria, vereadora por um dia

Estadinho: Seu projeto é sobre o melhor uso da bicicleta na cidade? Como teve essa ideia?
Nathalie: A implantação de bagageiros nos transportes públicos facilitaria o dia a dia das pessoas que dependem deles para chegar ao trabalho e à escola. Essa ideia surgiu, em 2011, quando estive no Canadá fazendo intercâmbio com o Colégio Santa Amália. Fiquei encantada com o modo de vida dos canadenses. Depois desta experiência, decidi utilizá-la no meu projeto, porque achei inteligente um único projeto trazer tantos benefícios para a população. Ele poderá contribuir para a diminuição da poluição, reduzirá a quantidade de carros que circulam pelas ruas e as pessoas podem praticar atividade física que traz muitos benefícios para a saúde.

Se você pudesse criar uma única lei para melhorar o Brasil, qual seria?
Gostaria de criar a lei do imposto único. Ouço os meus pais falarem que pagamos muitos impostos. Assim saberíamos o valor real dos impostos de cada mercadoria que compramos. Nos Estados Unidos, Canadá e Europa, isto já acontece.

Como você imagina que será o futuro do nosso país?
Se conseguirmos conscientizar a sociedade de que os políticos são nossos representantes, acho que vai ser muito melhor. Continuar responsabilizando os políticos pelo que está errado, não leva a lugar algum, pois somos nós que escolhemos essas pessoas através do voto.

 

 

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.