Atividade da indústria paulista sobe 2,8% em março, aponta FIESP

Sem considerar ajuste sazonal, a atividade da indústria de transformação paulista subiu 18% na comparação com fevereiro. No confronto com março de 2009, o INA aumentou 20,7%. Nos últimos 12 meses, houve queda de 1,1%.

Guias Oesp

28 de abril de 2010 | 15h43

Dos 17 setores pesquisados pela Fiesp, 11 já superaram o patamar de produção atingido em 2008. Setores como têxteis, artigos de borracha e plástico, e minerais não metálicos lideraram a alta entre fevereiro e março – 19,4% e 10,7% respectivamente.

O Indicador de Nível de Atividade (INA), que mede o desempenho da indústria de transformação paulista, avançou 2,8 % em março, comparativamente a fevereiro, considerando os ajustes sazonais. O índice é calculado pela Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (FIESP).

Sem considerar ajuste sazonal, a atividade da indústria de transformação paulista subiu 18% na comparação com fevereiro. No confronto com março de 2009, o INA aumentou 20,7%. Nos últimos 12 meses, houve queda de 1,1%.

A FIESP reviu os dados de fevereiro. Com ajuste sazonal, no confronto com janeiro, o INA subiu 1,0% (o número anterior era de alta de 1,1%). Sem ajuste, houve alta de 2,9% no indicador (na divulgação original, a baixa informada foi de 0,4%).

Fonte: Valor Econômico

publicidade

publicidade

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.