Índice de custo da construção da FGV aumenta 1,77% em junho

Guias Oesp

30 de junho de 2010 | 09h56

O Índice Nacional de Custo da Construção – M (INCC-M) subiu 1,77% em junho, variação acima da verificada em maio, que foi de 0,93%. Os dados foram divulgados nesta segunda-feira pela Fundação Getulio Vargas (FGV).

Dos componentes do indicador geral, o índice relativo à mão de obra teve elevação de 2,59%, percentual superior ao 1,41% registrado no mês anterior. O índice referente a materiais, equipamentos e serviços também registrou um ritmo maior de avanço, ao passar de 0,48% para 1,02%.

Das sete capitais investigadas pela FGV, cinco registraram aceleração no indicador de custo da construção. Em São Paulo, o indicador saltou de 1,77% em maio para 2,97% um mês depois. Em Brasília, a leitura foi de 0,12% para 2,84%.

Em Salvador, o índice subiu de 0,08% para 0,22%, enquanto em Belo Horizonte passou de 0,15% para 0,25%. No Rio de Janeiro, a expansão no INCC-M equivaleu a 0,91%, ante o 0,33% do mês passado.

Já em Recife, houve abrandamento no ritmo de alta, com o índice indo de 0,28% para 0,19%. Em Porto Alegre, também foi registrada desaceleração, com o indicador passando de 0,69% para 0,42%.

No ano, o INCC-M acumula acréscimo de 5,29%. Nos últimos 12 meses, a taxa registrada ficou em 6,31%.

Fonte: Valor OnLine

publicidade

publicidade

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.