Segmento de produtos planos investe mais de R$ 1 bilhão em expansão e novas fabricas no país.

De um lado, a indústria de vidros planos foi beneficiada pela redução do IPI de quatro segmentos consumidores do produto – a indústria automobilística , moveleira, de material de construção e linha branca. De outro , os vidros impressos ( um tipo de vidro plano translúcido ou desenhado, com um custo mais baixo ) ganharam destaque no setor de construção civil com produtos econômicos para o mercado de baixa renda.

Guias Oesp

26 de abril de 2010 | 14h00

Demanda em alta estimula os vidreiros

Depois de mais de seis anos sem investir na ampliação da capacidade, a indústria de vidros planos está se preparando para um novo ciclo de crescimento – amparada, principalmente, pela demanda nas áreas de infraestrutura, construção civil e mercado automobilístico. Somados, os investimentos realizados em 2009 e anunciados este ano ultrapassaram R$ 1 bilhão na construção ou reativação de fornos.

De um lado, a indústria de vidros planos foi beneficiada pela redução do IPI de quatro segmentos consumidores do produto – a indústria automobilística , moveleira, de material de construção e linha branca. De outro , os vidros impressos ( um tipo de vidro plano translúcido ou desenhado, com um custo mais baixo ) ganharam destaque no setor de construção civil com produtos econômicos para o mercado de baixa renda. “Depois de um crescimento de cerca de 10% em 2009 estimamos um aumento de 12% para este ano em vidros planos”, diz Lucien Bernard Belmont, superintendente da Abividro. Segundo Sérgio Minerbo, da União Brasileira de Vidros no segundo semestre deste ano haverá uma alta na demanda por conta do Minha casa, Minha Vida, será um ciclo virtuoso de crescimento, completa.

Construção de Predio todo em vidro

Construção de Predio todo em vidro

Fonte: Valor Econômico