Vendas de imóveis em SP retomam patamar pré-crise.

Guias Oesp

17 de maio de 2010 | 14h57

prédio

As vendas de imóveis residenciais novos na capital paulista no primeiro trimestre dispararam em relação ao mesmo período de 2009, retomando patamar pré-crise, divulgou nesta segunda-feira o sindicato do setor imobiliário da cidade, Secovi-SP.

O setor apurou alta de 75,1% nas vendas de moradias em relação ao primeiro trimestre de 2009, num total de 8.461 unidades.

O resultado é próximo das vendas de 8.478 unidades registradas no mesmo período de 2008, quando o setor atravessou forte aquecimento.

“No ano passado, havia um temor generalizado com a crise globalizada, o que reduziu de forma atípica a movimentação do mercado”, afirma o Secovi-SP em nota.

Em relação ao último trimestre de 2009, porém, as vendas de imóveis residenciais caíram 21,3%. No acumulado de outubro a dezembro do ano passado, as vendas foram de 10.745 unidades. O movimento representa uma queda sazonal que já era esperada pelo setor.

No primeiro trimestre foram lançadas 6.193 unidades residenciais na capital paulista, um aumento de 96,4% em relação ao verificado um ano antes.

O Secovi-SP reiterou previsão de vendas para 2010, que devem ficar entre 37 mil e 38 mil unidades, 5% acima do comercializado em 2009. Para lançamentos, a previsão é de alta de 10%, somando cerca de 35 mil moradias.

Fonte: UOL – Economia – Notícias – por Vivian Pereira

publicidade

publicidade

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.