Partida de tênis dura 11 horas e 5 minutos

O americano John Isner venceu a partida mais longa da história de Wimbledom. Depois de 11 horas e cinco minutos de jogo, distribuídas em intervalos ao longo de três dias, Isner levou a melhor sobre o francês Nicolas Mahut

Redação Esportes

24 de junho de 2010 | 13h38

O americano John Isner comemora sua vitória (Foto: REUTERS/Suzanne Plunkett)

O americano John Isner comemora sua vitória (Foto: REUTERS/Suzanne Plunkett)

(AP) O americano John Isner venceu a partida mais longa da história de Wimbledom. Depois de 11 horas e cinco minutos de jogo, distribuídas em intervalos ao longo de três dias, Isner levou a melhor sobre o francês Nicolas Mahut, e terminou com um placar de 6-4, 3-6, 6-7 (7), 7-6 (3) 70-68.

O terceiro set foi o mais longo, com duração de oito horas e 11 minutos. Isner acabou caindo ao defender o ponto decisivo, quando percebeu que tinha ganhado atirou a raquete no chão e cumprimentou seu adversário. Isner terminou a partida com um saldo de 112 aces, e Mahut com o saldo de 103.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.