Jornal da Tarde: Comício pelas eleições diretas na Praça da Sé

Jornal da Tarde: Comício pelas eleições diretas na Praça da Sé

Edmundo Leite

06 de agosto de 2021 | 13h10

Após duas décadas sem direito a votar para presidente por causa da ditadura militar, um movimento pela volta do voto direto para a escolha de quem governaria o País ganhou força no Brasil em 1984.

No dia 25 de janeiro daquele ano, milhares de pessoas se reuniram na Praça da Sé, em São Paulo, para um dos comícios em prol do movimento que ficaria conhecido por Diretas Já.

No dia seguinte, o Jornal da Tarde estampou a capa com uma foto feita por Oswaldo Luis Palermo mostrando do alto a multidão em frente à Catedral da Sé.

Mesmo não conseguindo o objetivo da volta da eleição direta, o movimento fortaleceu a candidatura de Tancredo Neves, que seria eleito pelo Congresso o primeiro presidente civil ao derrotar Paulo Maluf.

Leia mais sobre o movimento Diretas Já.

Veja também: Acervo Estadão | acesse todas edições desde 1875

Tudo o que sabemos sobre:

Diretas Já

publicidade

publicidade

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.