Jornal da Tarde: ‘Diretas Já’ sepultada no Congresso em 1984

Jornal da Tarde: ‘Diretas Já’ sepultada no Congresso em 1984

Edmundo Leite

22 de abril de 2022 | 15h03

Depois da euforia com os comícios lotados da campanha Diretas Já pelas capitais do País, a votação da emenda Dante Oliveira que propunha a volta das eleições diretas para presidente em 1985 acabou em tristeza. A decepção com a reprovação das Diretas Já pelo Congresso Nacional foi estampada com um sinal de luto na capa de 26 de abril de 1984 do Jornal da Tarde.

Abaixo do quadro preto que ocupava toda a página, uma legenda dizia: “O país inteiro está decepcionado. Mas há um caminho: a negociação”.  Na contra-capa, sob o título “Os que votaram contra você”, uma lista mostrava os nomes dos parlamentares que votaram contra a emenda ou se abstiveram ou se ausentaram:

No dia da votação, 25 de abril, a capa do jornal já havia estampado a lista completa com os  nomes de todos os deputados e senadores e o título “Ponha um X no nome de quem votar contra.”

Dois dias antes, a capa relembrava as multidões que foram às ruas pelas Diretas.

>> Comício pelas eleições diretas na Praça da Sé

>> Saiba mais sobre a campanha Diretas Já

Estadão | acesse todas edições desde 1875

Tudo o que sabemos sobre:

Diretas Já

publicidade

publicidade

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.