Jornal da Tarde: os primeiros campeões do mundo

Jornal da Tarde: os primeiros campeões do mundo

Edmundo Leite

14 de janeiro de 2022 | 17h45

Em meio às polêmicas sobre o status do primeiro Campeonato Mundial de Clubes da Fifa, o Jornal da Tarde de 15 de janeiro de 2000 manchetava que uma nova era do futebol começava com com a conquista corintiana. “Os 1os campeões do mundo” foi o título na capa do jornal sobre a foto de um sorridente capitão Rincón levantado a taça após a tensa vitória na decisão por pênaltis do Corinthians sobre o Vasco na final da competição no Maracanã.

Entre o título e a foto, um resumo do jogo decisivo entre os dois times brasileiros: “O Corinthians coroou uma temporada ferta de títulos ao conquistar, à base de suor, sangue frio e sofrimento até o último pênalti, após 120 minutos, o troféu inédito de campeão do mundo – a 1a Copa Mundial de Clubes da Fifa”. Numa decisão tensa, Rincón, Fernando Baiano, Luisão e Edu converteram quatro pênaltis. Dida pegou um, Marcelinho perdeu. Edmundo podia empatar para o Vasco em 4 a 4, mas chutou para fora e é vice do mundo.”

Outros destaques na capa daquele sábado chamam atenção duas décadas depois.

Sob uma foto de Madonna e o título “Novas possibilidades” um pequeno texto informava: “com a fusão AOL-Time Warner, Madonna, no futuro, pode ter seus sucessos veiculados pela internet, não em CDs.”

Já outra chamada dizia: “Gripe australiana: vacina grátis para quem viajar. Requisito: estar no grupo de risco (idosos, imunodeprimidos e doenças crônicas.”

Poster do Corinthians Campeão Mundial em 2000

Leia também:

>> “Nem mundial, nem dos campeões”, publicou o Estadão sobre o campeonato ganho pelo Palmeiras em 1951

>> 2001, o Mundial que virou pesadelo do Palmeiras

Acervo | acesse todas edições do Estadão desde 1875

publicidade

publicidade

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.