Jornal da Tarde: Rainha Elizabeth fala com Pelé

Jornal da Tarde: Rainha Elizabeth fala com Pelé

Edmundo Leite

03 de junho de 2022 | 16h31

Quebra de protocolo marcou encontro da monarca com o rei do futebol no Maracanã em 1968

O encontro de duas realezas foi o destaque da capa do Jornal da Tarde de 11 de novembro de 1968. Com a manchete “A rainha fala com Pelé” e uma foto da rainha Elizabeth II cumprimentando o jogador de futebol, o jornal contava como foi um dos principais compromissos da monarca britânica em sua visita de dez dias pelo Brasil.

O destaque era para a quebra do protocolo que determinava que só João Havelange, então presidente da CBD, poderia falar com a rainha:

“Pelé não podia dizer nada à rainha Elizabeth, quando subiu com Gérson à Tribuna de Honra do Maracanã, depois do jôgo em que a Seleção Paulista ganhou de 3 a 2 da Carioca. Só o presidente da CBD, João Havelange, estava autorizada pelo protocolo a falar com a rainha, naquela hora. A rainha Elizabeth disse para Pelé que se sentia muita honrada em conhecê-lo. Pelé, sorrindo, respondeu: “A honra é toda nossa, Majestade. Sinto-me muito feliz por Sua Majestade ter distinguido meu país com uma visita”.

O texto na capa continuava detalhando como foi a presença de Elizabeth no Maracanã:

“Elizabeth II acompanhou com muita atenção os dois tempos. No final, virou-se para o governador Negrão de Lima e lamentou a derrota “I’m sorry” (“Sinto muito”). Disse que eles mereciam o empate e só não gostou, também, que o jôgo fôsse um pouco “lento demais” em alguns momentos.

Foi um jôgo lento, mas um espetáculo: Pelé, a maior atração depois da rainha, não estêve bem, mas marcou o 900.º gol de sua carreira.

O próximo jôgo da Seleção, quarta-feira, contra o Coritiba, no Paraná, está ameaçado: os jogadores exigem dos cartolas os NCr$ 400 mil que faltam do bicho de NCr$ 1 mil prometido pela vitória contra a FIFA.” 

Estadão | acesse todas edições desde 1875

publicidade

publicidade

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.