Desenho do super-homem

As mesmas mãos, pai?

carloseduardogoncalves

22 Setembro 2014 | 13h00

As mesmas veias, em outras mãos.

Meu filho desenhava,  minhas mãos apoiadas no chão a seu lado.

De repente a caneta deslizando pelas veias, curiosa. O olhar de descobrimento da criança.

São as mesmas mãos, pai, o mesmo pulso, as mesmas veias!

Mas o que eu pensava quando me espantava com as tuas veias saltadas, azuis?

Encontrei seu olhar, ele criança e eu o adulto. Quis perguntar-lhe, mas calei.

No papel, o super-homem desenhado, voando com sua capa vermelha: em 2014,

em 1978?