Marquinhos, puxa a orelha do Mello (o Ministro)

carloseduardogoncalves

10 Dezembro 2015 | 23h43

Nao a do Joao, a do Marco Aurelio!

Fiquei estupefato com a fala do dito Ministro no Insper. Tudo errado. Foi na frente das criancas, Marquinhos?

Aritmetica basica nao pode errar! Eu li o que ele disse: que dos anos 70 para ca a populacao cresceu muito mais que o Mercado de trabalho, que a Saude e que a Educacao. E que isso so podia dar m* mesmo. Ele falou sim, eu li na Internet na hora do almoco.

Bom, se a populacao cresceu muito mais que o Mercado de trabalho, como mesmo pode o desemprego (nao o ciclico, esse tem outra explicacao) nao ter ido parar la na lua? Essa falacia eh antiga. Que horror: os empregos fixos e as pessoas copulando e gerando filhos e todo mundo terminando a historia desempregado…

Saude e Educacao: hoje em dia, a parcela da populacao que tem acesso aa Saude e Educacao eh BEM maior que a sua comadre dos anos 1970;  naquela epoca educacao era coisa das “zelite”. Agora, vejamos aqui, me acompanha aqui: sendo N a populacao e E a educacao (viu que rimou!?), a razao E/N so pode crescer se E crescer mais rapido que N. Nao precisa nem tirar o log e derivar em relacao ao tempo pra ver isso. Caramba, Marquinhos, voce puxou a orelha dele? Devo ligar pro Claudio pra ele puxar a sua?

E o telhado, tudo ok?