O grande caudilho

carloseduardogoncalves

18 Março 2016 | 13h24

O que as gravações que não param de pipocar revelam é incrivelmente claro: uma tentativa do lulopetismo de interferir com o funcionamentos das instituições republicanas. Isso é crime, não tem como relativizar. Crime.

Numa, Lula se queixa — de modo extremamente grosseiro — da falta de firmeza do Supremo em por limites na Lava-Jato. Em outra, reclama que o chefe do Ministério Público não lhe é grato por estar onde está! Numa terceira, pede ao Ministro Nelson Barbosa que interfira com a Receita Federal! Numa quarta, apelando a um sexismo primitivo, diz que o Ministro da Justiça não é homem, pois não o está defendendo como deveria.

Isso tudo é factual, está gravado. Lula se revelou para todos como um típico caudilho latino-americano, que entende que o Estado é o prolongamento da sua casa, que não consegue separar o public do privado, que não aceita não ser idolatrado.

A esquerda brasileira precisa parar de dar guarida a esse cidadão (sim, Lula, você é apenas um cidadão, como eu! inacreditável, não?)suspeito de crimes graves. A alternativa é o politicídio.