O grande retrocesso

carloseduardogoncalves

16 Março 2016 | 13h27

Presidente Dilma dá guarida a Lula, seu mentor acusado de ilícitos inúmeros e gravíssimos. O Brasil, hoje, deu um enorme passo atrás, institucionalmente.

A decisão irresponsável da presidente escancara o que dizia Sergio Buarque já em 1933 — somos o país do homem “cordial”, não no sentido de amável e prestativo, mas sim no de “para os amigos do rei, tudo pode”.

Mais do que triste, é quase inacreditável. O futuro, mais uma vez, insiste em não chegar.