Volta daí

Tristeza um pouco é bom, mas dá-se jeito

carloseduardogoncalves

08 Novembro 2014 | 07h58

Foi por uma via aí diferente, e não deu certo. Tá bom, ué. Mas e agora? Agora tem que voltar, chora um pouco mas não fica parada aí na esquina não. Não pode, não dá tempo, tem muita coisa pra fazer. Tem que segurar a vida com a mão firme, zap!

Certo, só as pessoas mais profundas sentem profundas tristezas. E isso é belo. Isso também é viver a vida, como vivo falando para os que não choram e não deprimem. Quem não deprime ou é meio estranho, ou tá montando uma bomba relógio no peito. Mas, chegando nesse limiar de tristeza e desconforto que você está, precisa dar a marcha à ré, afastar-se do penhasco. Por que? Porque tem que, pronto. Porque tem os outros, tem nós aqui querendo. Pronto.

Mas é claro que é sempre possível. Ainda mais pra você, que tem tanta capacidade de ajuntar umas energias do nada. Não, não, do jeito que tá num pode. Estamos combinados? Bom, que bom !!!!!!!!!!!!!!!!!