As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Um brinde ao Saci-Pererê

Cley Scholz

31 Outubro 2013 | 23h13

saci

Contrariado o hábito das elites brasileiras de valorizar tudo o que vinha de fora, o escritor Monteiro Lobato (1882-1948), colaborador do jornal O Estado de S. Paulo, lançou na edição do dia 28 de janeiro de 1917 uma convocação aos leitores sobre o Saci-Pererê, em uma campanha para valorizar as tradições culturais brasileiras. O levantamento ajudou a tornar o Saci um dos personagens mais conhecidos do folclore nacional. Ele tem até um dia nacional em sua homenagem, desde 2005: 31 de outubro, em contraposição ao Halloween, o Dia das Bruxas dos americanos. 

O anúncio acima, de 8 de fevereiro de 1922, mostra o Saci abrindo uma garrafa do Guaraná Espumante. E trazia um verso sobre o personagem:

“Esta menina galante/Que tem fama de tranquila/ Escolhe a bebida fina/ Que é o Guaraná Espumante,/ Para conquistar o Saci, pequeno diabo/ Que não pode amedrontar/ Porque nem sequer tem rabo./ E o Saci, já conquistado/ Depois de beber, exclama!/ Guaraná idolatrado, mereces a tua fama!”

 Mais Saci Pererê AQUI. Outros reclames de bebidas AQUI.

Mais cultura AQUI

Reclames do Estadão: A história do anúncio impresso 

Instagram Twitter Facebook  Pinterest