As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Chapéu perdido

Cley Scholz

22 Novembro 2014 | 20h13

Chapéu perdido em 1876

Chapéu perdido em 1876

“Pede-se à pessoa que, por engano, levou do salão da Propagadora, na noite da instalação da Sociedade Typographica, um chapéu novo, tendo a copa mole e aba dura, com forro de cetim carmezim e com a marca da fábrica Bierrembach, o obséquio de o mandar entregar nesta typografia, pelo que desde já se confessa grato o seu proprietário”.

13 de junho de 1876. Confira a edição no Acervo Estadão.

Mais anúncios de chapéu AQUI.

Moda classificados AQUI.

Reclames do Estadão: A história do anúncio impresso 

Instagram Twitter Facebook  Pinterest 

 

Mais conteúdo sobre:

chapéu