As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Chegou o ‘Telephono’

Cley Scholz

19 Maio 2012 | 21h24

telephono

O primeiro anúncio de venda de telefone de São Paulo foi publicado na edição do dia 18 de agosto de 1878, pelo representante do inventor Grahm Bell, Leaon Rhode, que apresentava-se aos paulistas como ‘grande mágico’. O texto do anúncio dizia:

“Único agente do inventor do TELEPHONO Sr. Grahm Bell, fundador da primeira casa de eletricidade do Brazil, iniciador e primeiro introdutor dos Tympanos elétricos e do TELEPHONO na América do Sul, com estabelecimento de eletricidade na corte à rua do Ouvidor, número 107, tem a honra de participar ao respeitável e ilustrado público desta capital, que desejando sempre tornar-se útil a todas as pessoas que se interessam pelo progresso das ciências e artes, que acaba de chegar da corte trazendo consigo os recentes resultados das locubrações científicas do Século XIX, como sejam o Telephono, o Phonógrafo, o Microfone e o Despertador vocal, aparelhos estes que a popularidade que tem adquirido em todo o mundo basta para a sua garantia. Assim, pois, participa ainda mais ao público, que achando-se apenas de passagem por esta cidade, ficará à disposição das pessoas que o quiserem honrar com as suas encomendas para colocação do Telephono e Tympanos elétricos, tanto em casas particulares como em hotéis, colégios, fazendas, etc. Sendo bem conhecidas as vantagens que oferecem os Telephonos e Tympanos elétricos, tando pela prontidão nos chamados como pela simplicidade dos mesmos, e a grande vantagem do Telephono para transmissão de palavras e reconhecimento da voz de quem fala a qualquer distância, o anunciante julga desnecessário pomposos anúncios e limita-se apenas a oferecer seus serviços às pessoas que são apreciadoras da comodidade e presteza, e a dar provas verdadeiras e práticas de todos os seus aparelhos. O Sr. Leon Rodde é encontrado em S. Paulo, à rua de S. Bento, número 87, casa do Sr. Jules Martin”

Clique no anúncio para ver a página inteira.

Ps.:  Jules Martin, citado no anúncio, é o arquiteto que desenhou o Viaduto do Chá. Mais informações sobre ele AQUI.

Outros anúncios que contam a história do telefone e das telecomunicações AQUI.

Siga-nos no Twitter!