As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

É proibido perder

Em 1986, o então presidente José Sarney manifestou descontentamento com a Seleção brasileira e cobrou seriedade por parte dos jogadores

Cley Scholz

07 Junho 2011 | 21h40

sarneyseleção

“A seleção não pode mais perder. A ordem é do presidente Sarney. A preocupação com o futuro da Seleção Brasileira depois da fracassada excursão à Europa chegou ao Palácio do Planalto. Ontem, ao receber o deputado Márcio Braga (PMDB-RJ), que será um dos chefes da delegação brasileira no México, o presidente disse que quer dos jogadores ‘mais seriedade’. – O que está acontecendo com a nossa seleção?”

21 de março de 1986.

Mais futebol AQUI.

Siga-nos no Twitter!

Mais conteúdo sobre:

1986brasileiraFutebolsarneyseleção