Água de Coco: cenários brasileiros nas estampas

Cenários brasileiros serviram de inspiração para as estampas da coleção, que apresenta uma praia eclética, com calcinhas máximas e mínimas, além de maiôs do tipo engana-mamãe, hit da estação

Estadão

10 de junho de 2010 | 20h00

Caline Migliato

Liana Thomaz foi buscar nos 17 patrimônios da humanidade no Brasil o tema para o seu desfile. Praias paradisíacas, a Selva Amazônica, Brasília e Ouro Preto serviram de estampas para biquínis, saídas de praia e maiôs do modelo engana-mamãe. Para os tecidos, seda e linho. Colares e brincos que lembravam penas e cocares, todos em dourado, complementaram os looks.

Em versões mini e máxi, passando por hot pants e sunquinis, as calcinhas vieram com duas tiras, assim como os tops, que tinham uma delas caída na altura dos braços. Assimetrias, plissados, torcidos, trançados, franzidos e traspassados deram um toque de modernidade às peças. Entre as cores se destacam o preto e branco, além do coral, verde, azul, verde-água e amarelo.

Engana- mamãe: modelo é hit desta temporada

Engana- mamãe: modelo é hit desta temporada

Brasília: uma das estampas da coleção

Brasília, uma das estampas da coleção

Tudo o que sabemos sobre:

Água de Coco

publicidade

publicidade

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.