Começa a SPFW!

Estadão

28 de janeiro de 2011 | 17h33

Caline Migliato

A SPFW começou hoje com a coletiva de imprensa que contou, entre outras autoridades, com a presença do presidente da SPFW, Paulo Borges, do governador do Estado de São Paulo, Geraldo Alckmin e do prefeito de São Paulo Gilberto Kassab.

Paulo Borges disse que tanto o Brasil como a moda brasileira estão em um momento muito especial e que o foco é a inovação e a revolução que o setor da moda passou nos últimos 15 anos.  “A SPFW mostrou o que é capaz, mas sem a colaboração e a parceria de todos os envolvidos nesse processo, nada seria possível. Proponho agora olharmos o futuro, viver e construir o que está por vir.”

O prefeito Gilberto Kassab falou que a SPFW mostra São Paulo como uma cidade moderna, antenada e atenta ao design. “A SPFW está entre os cinco maiores eventos de São Paulo e um dos mais importantes do Brasil.” Ele disse ainda que o governo está trabalhando em um inventário de economias criativas e que o setor da moda cresceu 6,3% entre 2003 e 2009.

O governador do Estado Geraldo Alckmin disse que Paulo Borges conseguiu transformar a dificuldade em oportunidade, colocando a cidade de São Paulo entre as grandes capitais de moda como Nova York, Milão e Paris. “A SPFW valoriza uma das maiores características do povo brasileiro: a criatividade.”

A abertura do evento contou com a presença de alguns dos patrocinadores, como a Oi, O Boticário, Melissa, Shopping Iguatemi e Mundial Impala.

A psicóloga chilena e esposa de José Serra, Mônica Serra participa mais uma vez da edição da SPFW por meio do Instituto Se Toque, que atua na prevenção do câncer de mama. Ela se desmanchou em elogios ao trabalho de Paulo Borges e agradeceu a oportunidade.

A SPFW segue hoje com os desfiles da Animale, Tufi Duek, Samuel Cirnansck e Triton, que fecha o dia com a socialite americana Paris Hilton.

Tudo o que sabemos sobre:

desfileModaPassarelaSPFW

publicidade

publicidade

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.