Ellus: um show de desfile

Marca traz o camarim para passarela e modelos recebem os últimos ajustes na frente do público, que aplaudiu a ideia

Estadão

10 de junho de 2010 | 19h31

Giuliana Reginatto

A Ellus abriu a maratona fashion na Bienal com um dos desfiles mais concorridos desta temporada: muita gente em pé nas arquibancadas, tumulto na porta da sala e quase uma hora de atraso. O motivo? A apresentação performática da marca, que montou um backstage no meio da passarela, dividindo-a em duas: uma parte para as peças masculinas, outra para as garotas. Ali, diante dos olhos do público, os modelos recebiam os últimos ajustes antes do desfile.

Destaque para coleção masculina, que apareceu colorida com rosa-choque, laranja e amarelo, além de muito xadrez e estampas florais. A bermuda curtinha, de apelo setentinha, promete. Para as calças, cavalo baixo e barras encurtadas.

Na ala feminina, em alta o jeans de lavagem escura, com aspecto desgastado. As cinturas são um pouco altas e a modelagem segue ajustada. O jeans também ganha versões interessantes em parcas e macacões com capuz. Vestidos no estilo tomara-que-caia e blusas com fendas laterais escandalosas ou com recortes nas costas completam a coleção. Nas mãos, a aposta insistente na bolsa-carteira, que segue como tendência há várias temporadas. Para os pés, uma releitura do dockside, que vem em saltos altíssimos, inclusive em plataformas.

ellussapatoellusfemeellus1

Tudo o que sabemos sobre:

Ellus

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.