Herchcovitch sugere inverno em preto, mas nada básico

Estadão

29 de janeiro de 2011 | 23h31

Lea T. arrancou aplausos durante desfile de Alexandre Herchcovitch (Foto Andre Lessa)

Marcela Rodrigues Silva

Alexandre Herchcovitch deu pistas de um inverno pesado em sua coleção feminina. O preto predominou da cabeça aos pés. Mas nada básico. Uma leveza sutil salpicou os looks num detalhes: um verde limão bem cítrico.

Destaques para tecidos pesados, quentes. O tricô apareceu em vestidos longos, saias e em todas as sobreposições. Ombros marcados e rendas também continuam no inverno 2011, bem como as transparências. Nos pés, ankle boots com franjas e botas de cano alto. Saltos altíssimos.

Uma das atrações mais esperadas da semana de moda paulista, a top transexual Lea T. foi a última modelo a entrar na passarela. Esguia e em seu 1,81 e 59 kg, ela foi a estrela do desfile. Em sua primeira entrada, um anônimo arriscou puxar palmas. Mas em vão. Na última volta, a plateia se rendeu e, inspirada pela tão esperada presença de Lea, aplaudiu antes da hora.

Na quarta-feira, o estilista desfila sua coleção masculina.

publicidade

publicidade

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.