As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

TRÂNSITO AGORA: acompanhe o trânsito em São Paulo e o tráfego nas estradas de SP nesta quinta-feira, 17 de outubro

Estadão

17 Outubro 2013 | 06h19

Está com problemas no trânsito? Ajude outros motoristas a fugir dos congestionamentos mandando seu relato para o Estado. Durante todo o dia, recebemos informações e imagens de ruas e avenidas paradas com a hashtag #TransitoEstadao no Instagram. Não esqueça de citar o local, o número aproximado e o sentido. As principais dicas vão aparecer no nosso Instagram e no nosso site. Mande e receba informações sobre o trânsito em São Paulo também pelo twitter do Estadão, usando a hashtag #transitoestadao.

21h48 – Termina a cobertura do trânsito em SP nesta quinta-feira, 17 de outubro. Voltamos na sexta-feira, 18, às 6h.

21h40 – São Paulo tem 36 quilômetros de lentidão nas vias monitoradas pela CET.

21h32 – São Paulo tem 42 quilômetros de lentidão nas vias monitoradas pela CET.

21h25 – Avenida Nove de Julho, sentido bairro, tem lentidão de 3,1 quilômetros entre a Alameda Franca e a Avenida Cidade Jardim.

21h22 – Corredor Norte-Sul, sentido Aeroporto, tem lentidão de 3,1 quilômetros entre a Rua Tutoia e o Viaduto da República Árabe-Síria.

21h18 – São Paulo tem 59 quilômetros de lentidão nas vias monitoradas pela CET.

21h15 – Avenida dos Bandeirantes, sentido Imigrantes, tem lentidão de 6,9 quilômetros entre a Rua Funchal e o Viaduto Aliomar Baleeiro.

21h05 – Rodovia Cônego Domênico Rangoni tem dois pontos de lentidão. No acesso ao porto, em Guarujá, o tráfego é lento entre os quilômetros 3 e 5. Em direção a Cubatão, trânsito intenso entre os quilômetros 267 e 270.

21h00 – Marginal do Pinheiros, sentido Interlagos, tem 15 quilômetros de congestionamento entre a Ponte Jaguaré e a Ponte Transamérica.

20h55 – São Paulo tem 77 quilômetros de lentidão nas vias monitoradas pela CET.

20h45Tropa de choque acaba de chegar ao protesto na zona leste. Ainda há focos de confronto entre policiais e manifestantes. (FOTO: Laura Maia/Estadão)

20h43 – Marginal do Pinheiros, sentido Interlagos, tem lentidão de 15,3 quilômetros entre a Ponte do Jaguaré e  a Ponte Transamérica.

20h40 – Rodovia Ayrton Senna, sentido interior, tem lentidão entre os quilômetros 13 e 23, como reflexo da protesto na zona leste de São Paulo. Policiais ainda estão na região da manifestação.

20h35 – Marginal Pinheiros, sentido Interlagos, tem lentidão de 3,7 quilômetros na pista local entre a Ponte Cidade Jardim e a Ponte Nova do Morumbi.

20h34 – Avenida Washington Luís, sentido bairro, tem lentidão de 3,9 quilômetros entre o Viaduto João Julião da Costa Aguiar e a Rua Guilherme Asbahr Neto.

20h30Avenida Paulista foi liberada em relação à manifestação, no sentido Consolação, na altura do número 900. Segundo a PM, cerca de cem pessoas, entre petroleiros e estudantes, que protestavam contra o leilão do campo de petróleo Libra, do pré-sal.

20h19 – Marginal do Pinheiros, sentido Interlagos, tem 17 quilômetros de lentidão na pista expressa entre a Ponte do Jaguaré e a Ponte do Socorro.

20h15 – São Paulo tem 95 quilômetros de lentidão nas vias monitoradas pela CET.

20h00 – São Paulo tem 135 quilômetros de congestionamento nas vias monitoradas pela CET.

19h45 – Cerca de 100 manifestantes bloqueiam duas faixas da Avenida Paulista. O protesto é organizado por petroleiros e tem a participação de estudantes. Eles são contrários ao leilão do campo de petróleo Libra, do Pré-Sal, que ocorre na segunda-feira, 21 de outubro.  O protesto segue pacífico.

19h35 – Segundo a Polícia Militar, são cerca de 20 manifestantes que bloqueiam duas faixas da Avenida Paulista, sentido Consolação. Eles protestam contra o leilão do Campo de Libra, do pré-sal.

19h28Não há mais confronto entre policiais e moradores do Jardim Pantanal, mas policiais continuam na região. Não há informações sobre detidos ou feridos na manifestação na zona leste. Trânsito é intenso na região da Rua Doutor Assis Ribeiro. O incêndio já foi controlado. O trens continuam parados entre as estações do Brás e do Jardim Helena, na linha 12 Safira.

19h25 – Rodovia Ayrton Senna, sentido interior, tem tráfego lento entre os quilômetros 13 e 21 por reflexo de manifestação que ocorre no Jardim Pantanal.

19h13 – Segundo o Corpo de Bombeiros, focos de incêndio começam a ser controlados na região do Jardim Pantanal, na zona leste. Nao há informações sobre feridos e sobre os locais em que ainda há o fogo. Dois carros da corporação estão no local para conter as chamas.

19h10 – Há outra manifestação na Capital. Na Avenida Paulista, protesto ocupa duas faixas sentido Consolação.

19h05– A Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano do Estado de São Paulo divulgou nota à imprensa sobre o protesto de moradores da Favela Pantanal, na zona leste. Segundo a CDHU, a ocupação na comunidade ocorreu entre os dias 6 e 7 de setembro. Confira trechos do comunicado:

“Foram invadidas quinze áreas no núcleo União  de  Vila Nova, destinadas a implantação de praças, ruas e escolas. O núcleo  é  uma  ocupação  irregular  que está sendo urbanizada pela CDHU.”

“A  invasão  dessas  áreas  com  destinação  social  afeta  diretamente a população  local  e  prejudica  o  processo  de  regularização fundiária do núcleo, que vai garantir a cada morador a matrícula de seu imóvel.”

“Os invasores são, na maioria, provenientes da própria União de Vila Nova e  de  regiões  adjacentes.  Portanto,  parte  já  está sendo atendida pela urbanização.  Para  garantir a conclusão do projeto, a CDHU ajuizou ação de reintegração de posse, que foi deferida pela Justiça.”

O protesto teve início por volta das 16h30, quando manifestantes bloquearam a linha 12 Safira da CPTM. Ainda há conflito entre a Polícia Militar e os moradores da Favela Pantanal. A Rua Doutor Assis Ribeiro está bloqueada e a circulação de trens entre as estações Brás e Jardim Helena foi interrompida.

18h55 – Marginal do Tietê, sentido Ayrton Senna, tem dois pontos de lentidão. Na pista expressa, o tráfego é de 11,7 quilômetros e se concentra entre a Ponte do Limão a Ponte Aricanduva. Na pista local, há 10,5 quilômetros de congestionamento entre a Ponte do Limão e a sede do Corinthians.

18h45 – Duas viaturas do Corpo de Bombeiros combatem incêndio nas imediações da Rua Doutor Assis Ribeiro, na zona leste. Fogo teve início após manifestação de moradores da Favela Pantanal, no Jardim Pantanal. Não há infirmações de feridos ou vítimas. A Rua Doutor Assis Ribeiro continua bloqueada nos dois sentidos.

18h42 – Marginal do Pinheiros, sentido Interlagos, tem lentidão de 16 quilômetros na pista expressa entre a Ponte do Jaguaré e a Ponte do Socorro. O trecho é o de maior congestionamento na Capital.

18h39 – Continua interrompida a circulação de trens da linha 12 Safira, entre as estações Brás e Jardim Helena, por conta de manifestação de moradores da Favela do Pantanal.

18h35 – São Paulo tem 191 quilômetros de lentidão nas vias monitoradas pela CET.

18h25– Continua a manifestação na zona leste. Cerca de 180 pessoas protestam contra a reintegração de posse da Favela do Pantanal, no Jardim Pantanal. De Acordo com a Companhia Paulista de Trens Metropolitanos, manifestantes começaram a ocupar os trilhos da linha 12 Safira por volta das 16h30 e como medida de segurança a circulação entre as estações Brás e Jardim Helena foi interrompida. Ônibus da operação Paese, que foram solicitados para transportar os passageiros, não conseguem chegar a estação devido ao bloqueio na Rua Doutor Assis Ribeiro. (Laura Maia)

18h20 – São Paulo tem 186 quilômetros de lentidão nas vias monitoradas pela CET.

18h17 – Duas viaturas do Corpo de Bombeiros para conter incêndios nos arredores da manifestação na zona leste. Há focos de incêndio na região.

18h14 – Capital tem 165 quilômetros de lentidão nas vias monitoradas pela CET.

18h12 -Tráfego de trens da linha 12 Safira da CPTM está interrompido entre as estações Brás e Jardim Helena. A Companhia não tem previsão de retorno das operações.

18h09 – Polícia Militar confirma que há 180 manifestantes no protesto na zona leste. Segundo a PM, são moradores da Favela do Pantanal, no Jardim Pantanal, que são contrários a reintegração de posse de um terreno. Avenida Doutor Assis Ribeiro está bloqueada nos dois sentidos.

18h07 – Marginal do Pinheiros,sentido Interlagos, tem lentidão de 10,6 quilômetros na pista expressa da Ponte Eusébio Matoso a Ponte Transamérica. O trecho é o de maior congestionamento na Capital.

18h02 – Avenida Doutor Assis Ribeiro continua bloqueadapela manifestação de moradores da Favela do Pantanal, na zona leste. Protesto começou por volta de 16h. Operação Paese foi implantada pela Prefeitura para transportar os usuários da CPTM, mas por conta do bloqueio, os ônibus não chegam ao local. 

18h00 – Policiais atuam para liberar a Rua Doutor Assis Ribeiro e as linhas da CPTM da manifestação na zona leste. Os trens da linha 12 estão parados. A prefeitura da Capital implantou a operação Paese, mas os ônibus não circulam por conta do bloqueio na região. A Polícia Militar utiliza bombas de efeito moral para dispersar os manifestantes. Cerca de 150 pessoas protestam contra a reintegração de posse da Favela do Pantanal, que acontecerá em novembro.

17h49 – Rodovia Cônego Domenico Rangoni tem dois pontos de lentidão. No sentido Cubatão, o tráfego é lento do quilômetro 268 ao 270. Na chegada ao Guarujá, no acesso ao porto, há seis quilômetros de congestionamento.

17h41 – São Paulo tem 143 quilômetros de lentidão nas vias monitoradas pela CET.

17h34 – A Linha 12 da CPTM, que vai do Brás, no centro, à Estação Calmon Viana, na zona leste, está totalmente paralisada por causa de uma manifestação que invadiu os trilhos por volta das 16h30. De acordo com a companhia,  os manifestantes seguiam pela Avenida Dr. Assis Ribeiro, em protesto contra uma reintegração de posse na Favela do Pantanal, no Jardim Pantanal, zona leste, quando resolveram  ocupar também os trilhos da malha de trens metropolitanos.

Os dois sentidos da Avenida Doutor Assis Ribeiro estão bloqueados por manifestantes, na altura da Rua Caucasica.

De acordo com a Polícia Militar, há cerca de 150 pessoas no local.  A PM informa que a reintegração de posse  só vai acontecer no 12 de novembro, mas as famílias resolveram antecipar o ato.

17h28 – Corredor Norte-Sul, sentido Aeroporto, tem lentidão de oito quilômetros da Praça da Bandeira ao Viaduto João Julião da Costa Aguiar.

17h22 – Marginal do Pinheiros,sentido Interlagos, tem nove quilômetros de lentidão na pista expressa da Ponte Ari Torres a Ponte do Socorro.

17h19 – Marginal do Tietê, sentido Ayrton Senna, tem 14 quilômetros de lentidão na pista expressa da Ponte da Freguesia do Ó a Ponte Aricanduva. O trecho é o de maior congestionamento na Capital.

17h18 -São Paulo tem 137 quilômetros de lentidão nas vias monitoradas pela CET.

17h15 – Boa tarde! Voltamos com a cobertura do trânsito em SP nesta quinta-feira, 17 de outubro.

10h10 – Encerramos o blog nesta manhã. Voltamos à noite.

10h00 – Capital tem 61 quilômetros de lentidão nas vias monitoradas pela CET.  A de maior movimento é Avenida dos Bandeirantes, com 3,6 quilômetros de congestionamento na Marginal do Pinheiros, entre o Viaduto Jabaquara e o Viaduto Santo Amaro.

09h50 – Avenida dos Bandeirantes tem 3,6 quilômetros de lentidão na Marginal do Pinheiros, entre o Viaduto Jabaquara e o Viaduto Santo Amaro.

09h25 –  Ligação Leste-Oeste tem três quilômetros de lentidão no sentido Lapa, entre a Praça Franklin Roosevelt e Avenida Alcantara Machado.

09h10 – Avenida Nove de Julho permanece com faixa do sentido centro bloqueada por conta de um solapamento, na entrada do Viaduto Plínio de Queiroz.

09h00 – Capital tem 81 quilômetros de lentidão nas vias monitoradas pela CET.  A de maior movimento é a Marginal do Tietê, com 5,6 quilômetros de congestionamento no sentido Interlagos, entre a Rodovia Castelo Branco e as proximidades da Ponte Eusébio Matoso.

08h45 – Régis Bittencourt tem 14 quilômetros de lentidão no sentido Curitiba, entre Juquitiba e Miracatu.  No mesmo sentido, há sete quilômetros de congestionamento na altura de Registro. No sentido São Paulo tráfego flui normalmente.

08h35 – Radial Leste tem 4,6 quilômetros de lentidão no sentido centro, entre o Viaduto Pires do Rio e a Rua Wandenkolk.

08h28 – Castelo Branco tem lentidão de dois quilômetros na pista marginal do sentido interior, na altura de Barueri.

08h24 – Avenida Paulista tem lentidão de 1,2 quilômetro no sentido Consolação, entre a Praça Oswaldo Cruz e a Alameda Campinas.

08h16 – Avenida Nove de Julho tem uma faixa do sentido centro bloqueada por conta de um solapamento, na entrada do Viaduto Plínio de Queiroz.

08h11 – Marginal do Tietê tem lentidão de 2,9 quilômetros na pista expressa do sentido Castelo Branco, entre a Ponte Atílio Fontana e a entrada da rodovia.

08h06 – Dutra tem dois quilômetros de lentidão na pista expressa do sentido São Paulo, na altuta de Guarulhos.

08h00 – Capital tem 57 quilômetros de lentidão nas vias monitoradas pela CET.  A de maior movimento é a Marginal do Tietê, com 5,6 quilômetros de congestionamento no sentido Interlagos, entre a Rodovia Castelo Branco e as proximidades da Ponte Eusébio Matoso.

07h53 – Ayrton Senna tem dois quilômetros de lentidão no sentido São Paulo, na altura de Guarulhos.

07h44 – Radial Leste tem três quilômetros de lentidão no sentido centro, entre o Viaduto Guadalajara e a Rua Wandenkolk.

07h38 – Marginal do Tietê tem 3,4 quilômetros de lentidão na pista local do sentido Castelo Branco, entre as proximidades do Hospital Vila Maria e a Ponte Vila Guilherme.

07h28 – Avenida Nove de Julho tem três faixas da direita do sentido centro bloqueadas por conta de um solapamento, na entrada do Viaduto Plínio de Queiroz. Apenas uma faixa flui, com os motoristas dividindo-a com os ônibus. Ainda na Nove de Julho, a queda de um poste interdita uma faixa no sentido centro e outra no sentido bairro.

07h26 – Anchieta tem dez quilômetros de lentidão no sentido São Paulo, próximo ao Rodoanel.

07h18 – Ligação Leste-Oeste tem três quilômetros de lentidão no sentido Lapa, entre a Praça Franklin Roosevelt e Avenida Alcantara Machado.

07h13 – Avenida Nove de Julho tem um quilômetro de lentidão no sentido centro, entre a Alameda Franca e a Rua Professor Picarolo. A via tem duas faixas da direita do sentido centro bloqueadas por conta de um solapamento, na entrada do Viaduto Plínio de Queiroz.

07h06 – Ayrton Senna tem seis quilômetros de lentidão, em diversos trechos.

07h03 – Rodoanel tem quatro quilômetros de lentidão na pista expressa do sentido Bandeirantes, na altura de Osasco.

07h00 – Capital tem 26 quilômetros de lentidão nas vias monitoradas pela CET.  A de maior lentidão é a Avenida Vereador José Diniz tem lentidão de 2,4 quilômetros no sentido centro, entre a Avenida Bandeirantes e Rua Ana Catharina Randi.

06h52 – Avenida Vereador José Diniz tem lentidão de 2,4 quilômetros no sentido centro, entre a Avenida Bandeirantes e Rua Ana Catharina Randi.

06h42 – Dutra tem dois quilômetros de lentidão na pista expressa do sentido São Paulo, na altuta de Guarulhos.

06h38 – Radial Leste tem dois quilômetros de lentidão no sentido centro, entre o Metrô Vila Matilde e o Viaduto Alberto Badra.

06h28 –  Raposo Tavares tem lentidão entre os quilômetros 24 e 19 e também entre o 15 e o 10.

06h18 – Avenida Nove de Julho tem duas faixas da direita do sentido centro bloqueadas por conta de um solapamento, na entrada do Viaduto Plínio de Queiroz. A CET recomenda que os motoristas evitem a via.