PUBLICIDADE

Esfaqueamentos em Londres levam Grã-Bretanha a lançar campanha

Anúncios foram idealizados por jovens que, de algum modo, foram afetados.

PUBLICIDADE

Por Da BBC Brasil

O governo britânico está lançando uma campanha de 3 milhões de libras mostrando imagens gráficas de ferimentos provocados por facas, em uma tentativa de conter a recente onda de esfaqueamentos de jovens que chocou o país. As peças publicitárias foram criadas por 18 jovens que, de alguma forma, estiveram envolvidos em crimes com facas e têm o objetivo de mostrar as conseqüências de andar armado. Uma das fotos mostra um homem com uma faca e uma chave de fenda enterrados em seu peito, outras mostram ferimentos profundos feitos a faca. O Ministério do Interior quer que as crianças que andam com facas vejam o que pode acontecer com elas se forem atacadas e feridas. Só neste ano, 14 jovens foram mortos esfaqueados em Londres. A última vítima foi Rob Knox, de 18 anos, ator da série de filmes Harry Potter, esfaqueado do lado de fora de um pub no sul da cidade. Medo O subsecretário para Redução de Crimes, Vernon Coaker, disse que a maioria dos jovens que carregam facas, o fazem por medo. "As pessoas têm que entender que se elas carregarem uma faca, há mais chances de a arma ser usada contra elas", disse ele. Facas são usadas em 8% dos crimes violentos na Grã-Bretanha, segundo dados do British Crime Survey, e o número de ofensas permaneceu estável na última década, mas a idade das vítimas está diminuindo. Sites de relacionamento A primeira fase da campanha prevista para durar três anos contará com anúncios nos jornais e nas rádios, além de dois vídeos virais para serem enviados pela Internet ou por telefones celulares. O primeiro vídeo mostra imagens chocantes, tiradas de uma biblioteca médica, como se fossem slides na palestra fictícia de um cirurgião que tem que lidar com os ferimentos. O outro mostra imagens de uma câmera de segurança - com interpretação de atores - de um esfaqueamento em uma rua comercial. A campanha também conta com anúncios dirigidos às mães, encorajando-as a conversar com os filhos sobre crimes com facas. BBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.