Espanha inicia eleições para escolher novo Parlamento

O premiê Jose Luiz Zapatero enfrenta o candidato conservador Mariano Rajoy nas urnas

PUBLICIDADE

Por Da BBC Brasil
1 min de leitura

Os 35 milhões de eleitores espanhóis iniciaram a votação para escolher o novo parlamento neste domingo em todo o país. O atual primeiro-ministro Jose Luiz Rodriguez Zapatero, do Partido Socialista, enfrenta o candidato do partido conservador PP (Partido Popular), Mariano Rajoy no primeiro turno das eleições parlamentares, que estão sendo consideradas como um plebiscito para avaliar a popularidade do atual governo. O fim da campanha eleitoral foi marcado pelo assassinato do ex-vereador socialista Isaías Carrasco na sexta-feira, no País Basco. Autoridades espanholas acusam o grupo separatista basco ETA pelo ataque, e o atual premiê afirmou que o atentado foi uma tentativa de interferir nas eleições deste domingo. As urnas ficarão abertas até às 20h00 (16h00, horário de Brasília). Questões Entre as principais questões que envolvem as eleições parlamentares espanholas está a economia, que vem apresentando fragilidade depois de 10 anos de crescimento. A inflação atingiu a taxa mais alta em uma década e a taxa de desemprego é a mais alta em oito anos. Além disso, o mercado imobiliário da Espanha está em queda, impulsionado pela crise global de crédito. Outra questão relevante entre os candidatos é a imigração. Tanto o atual premiê, o socialista Zapatero, quando o conservador Mariano Rajoy prometem endurecer os controles para evitar a entrada de mais imigrantes no país, agora que a Espanha já tem 10% da população nascida em outros países. Os eleitores irão eleger 350 novos membros das Cortes - a câmara baixa do Parlamento espanhol, e 208 das 264 cadeiras do Senado. As 56 cadeiras restantes serão eleitas em uma eleição indireta nas assembléias das 17 regiões autônomas da Espanha. De acordo com um correspondente da BBC em Madrid, caso o resultado seja apertado, o partido vencedor terá que formar uma coalizão com os partidos menores regionais e nacionalistas. BBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.