Explosão atinge cinco casas e fere 2 pessoas em Goiás

Explosão teria acontecido porque homem jogou restos de um detonador de explosivos no fogo

PUBLICIDADE

Por Ricardo Valota
1 min de leitura

Cinco casas foram parcialmente destruídas, no início da noite de terça-feira, 29, após uma explosão ambiental ocorrida em um dos imóveis da Quadra 32 da Rua Seis de Março, no Setor Santo André, em Aparecida de Goiânia, na região metropolitana de Goiânia. O motorista Eudiron Pereira Lima, de 30, anos, morador da casa onde tudo começou, foi detido por policiais militares do Grupo de Ações Táticas Especiais (Gate) e autuado em flagrante no 2º Distrito Policial, de Vila Brasília, por prática de explosão, crime previsto em lei. Lima já trabalhou em uma indústria que transportava material explosivo e teria levado para casa sobras de um detonador. Durante a faxina, jogou o material no fogo. No momento da explosão, ele estava no quintal, por isso não ficou ferido. A residência, de quatro cômodos, teve a estrutura comprometida. Os estilhaços de telhas e da parede de um dos cômodos derrubaram o muro de uma das casas vizinhas, onde uma criança e uma senhora tiveram ferimentos leves. Elas foram encaminhadas para o Hospital de Urgências de Goiânia (Hugo). Foram destruídos também telhado e as janelas de outras duas casas e a parte superior de pequeno supermercado que fica a cerca de 30 metros do local. A explosão pôde ser ouvida em um raio de 5 quilômetros.

Tudo Sobre
Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.