PUBLICIDADE

O nascimento do Real, a queda de Maradona por doping e o Kamikaze do Playcenter

Moeda que estabilizou a economia brasileira entrou em vigor em 1 de julho de 1994

PUBLICIDADE

Por Acervo Estadão
Atualização:

O início de um ciclo e o fim de outro. A capa do Jornal da Tarde de 1 de julho de 1994 noticiava dois fatos históricos. O primeiro dia de vigência do Real no Brasil e o banimento do craque Maradona da Copa do Mundo nos Estados Unidos, e do futebol, por causa de doping.

PUBLICIDADE

O argentino ganhou o cabeçalho da capa com o título “Maradona Fora” e a nova moeda ocupou um grande quadro com uma tabela de preços e o título “Como mudar de moeda sem confusão”.

Outro destaque da edição era uma propaganda de página inteira de um brinquedo do parque de diversões Playcenter: o Kamikaze. “Uma novidade que vai realmente virar a sua cabeça.”

Jornal da Tarde - 1 de julho de 1994

Capa do Jornal da Tarde de 1 de julho de 1994. Foto: Acervo Estadão

O fim de Maradona

Capa do caderno de Esporte do Jornal da Tarde de 1 de julho de 1994. Foto: Acervo Estadão

Capa do guia Seu Dinheiro

Capa do caderno especial sobre o Real no Jornal da Tarde de 1 de julho de 1994.  Foto: Acervo Estadão

Propaganda do Playcenter

Anúncio do Playcenter no Jornal da Tarde de 1 de julho de 1994. Foto: Acervo Estadão

Jornal da Tarde

Por 46 anos [de 4 de janeiro de 1966 a 31 de outubro de 2012] o Jornal da Tarde deixou sua marca na imprensa brasileira.

Publicidade

Neste blog são mostradas algumas das capas e páginas marcantes dessa publicação do Grupo Estado que protagonizou uma história de inovações gráficas e de linguagem no jornalismo.

Um exemplo é a histórica capa do menino chorando após a derrota da Seleção Brasileira na Copa do Mundo de 1982, na Espanha.

Veja também

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.